setembro 03, 2018

A B C do Estilo | O passo a passo para uma boa organização do guarda-roupa

 

 
Setembro é, por excelência, e para muitas mulheres, o mês do regresso. É um mês de recomeços. O regresso à escola, faculdade ou local de trabalho. O regresso à rotina diária. Aos horários e às muitas tarefas. Por ser um mês de recomeços. Muitas mulheres começam precisamente por reorganizar o seu guarda-roupa. E muitas se deparam com um roupeiro cheio de peças que há muito não servem, não se adequam ou não refletem o seu estilo e/ou personalidade.
Se é o seu caso, então este artigo é para si. Espreite aqui o passo a passo para uma verdadeira desintoxicação e organização do seu guarda-roupa.
 
 
Passo 1: Analisar criteriosamente cada uma das peças de roupa
É fundamental ser extremamente racional no momento de analisar as suas peças de roupa. Aqui, deve ser criteriosa na procura de eventuais  marcas de uso que não tenham resolução como nódoas, borbotos, buracos, perda de cor, etc. Se existirem quaisquer marcas é importante ponderar se vale a pena manter a peça no guarda-roupa, sobretudo, se a sua qualidade tiver sido muito danificada.
Aqui, importa ainda experimentar cada uma das peças, sobretudo, as que não usa há algum tempo e já não se recorda de como lhe assentam. Apenas deve manter peças que lhe assentem na perfeição e que usa com muita regularidade.
 
Passo 2: Separar as peças por destino
Durante o processo de análise das peças de roupa é importante que as vá separando por destino: peças que vai manter; peças que vai arranjar; peças que vai doar; peças que vai vender e peças que vai deitar fora. Assim que terminar de analisar cada peça e determinar o seu destino, cada peça deve automaticamente ser colocada na pilha correspondente para facilitar a sua organização.
 
Passo 3: Testar novas coordenações
Purgar o guarda-roupa é sempre sinónimo de minimização do número de peças disponíveis. E com essa minimização surge a necessidade de testar e treinar a sua criatividade e a própria versatilidade do seu guarda-roupa. Ao testar novas coordenações vai ter a real noção da versatilidade (ou falta dela!) do seu guarda-roupa. Além de descobrir novas formas mais criativas de usar as mesmas peças de roupa.
 
 
Passo 4: Arquivar as novas coordenações
Ao criar novas coordenações de roupa e para ter a certeza de que não se esquece de determinada coordenação pode (e deve!) criar o seu próprio arquivo fotográfico de coordenados para memória futura. Estes arquivos resultam particularmente bem em dias em que a inspiração decide folgar.
 
Passo 5: Organizar o guarda-roupa
Após a triagem rigorosa de todas as peças e acessórios do sue guarda-roupa chega a parte mais divertida de todo o processo: a organização do seu novo guarda-roupa. É, então, a hora de colocar cada peça no seu devido lugar organizada por tipo, cor e padrão a fim de facilitar o processo de escolha a cada manhã. O objetivo é, ao terminar, abrir o roupeiro e ver apenas peças com as quais se sente confiante, se identifica e que são um reflexo do seu estilo pessoal e personalidade.
 
Em caso de dúvida consulte aqui os serviços disponíveis.


SHARE:

Sem comentários

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!

© Lima Limão. All rights reserved.