maio 22, 2018

Consumo Inteligente | As desvantagens do Armário Cápsula

 
 
O tema Armário Cápsula continua a ser um pouco controverso. Se há adeptos confessos (eu incluída!). Outros há que não concebem aderir a tal experiência. Na vida nada é perfeito. Tudo tem o seu lado bom. E o seu lado lunar. E o Armário Cápsula não é exceção. E, se noutros artigos, optei por partilhar as vantagens de criar um Armário Cápsula. Hoje, partilho convosco as principais desvantagens com que se podem deparar aquando da criação do próximo Armário Cápsula.
  1. A meteorologia nem sempre corresponde às expetativas. Nem sempre o verão é tão quente ou o inverno é tão frio como esperado. Principalmente se mora num local onde as estações do ano não são bem definidas. Outras vezes, durante o dia, a amplitude térmica é de tal forma  grande que a escolha das peças fica mais difícil.
  2. A manutenção das peças nem sempre é a mais fácil. Com menos peças de roupa disponíveis é mais difícil conseguir a carga máxima para a máquina de lavar. Ao mesmo tempo que, as opções de peças disponíveis rapidamente decrescem, o que dificulta ainda mais o processo de decidir o que usar cada manhã. Esta manutenção torna-se particularmente difícil nas estações mais frias e com chuva, o que dificulta muitas vezes o processo de secagem das peças.
  3. As ocasiões especiais nem sempre facilitam a criação do armário cápsula, uma vez que ao ter que contabilizar peças para tais ocasiões, o número de peças para o dia-a-dia é automaticamente reduzido mesmo sabendo à partida que a utilização de tais peças será uma ocasião única em toda a estação. Por outro lado, se não se contabilizar as possíveis ocasiões especiais e surgir alguma durante a estação, ver-se-á obrigada a recorrer as peças que não fazem parte do armário cápsula para essa estação.
  4. Escolher peças que não são fáceis de coordenar complica o processo. Isto porque o simples facto de se tratar de uma peça de difícil coordenação, automaticamente, significa que não vai ser muito utilizada durante a estação. Por outro lado, podem ser encaradas como um desafio e durante a estação optar por versatilizar ao máximo tais peças e, quem sabe, apaixonar-se por elas novamente.
  5. O facto de se tratar de um número de peças reduzido  sabendo que existem outras tantas disponíveis no armário também pode ser uma desvantagem. Nomeadamente para quem tem um guarda-roupa a rebentar pelas costuras  numa base diária  e que, constantemente, é aumentado em número de peças disponíveis.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!