dezembro 07, 2017

Beleza | Acne: Tudo o que precisa de saber

 
 
 
A acne é das patologias da pele mais frequentes em todo o mundo. É uma doença caracterizada pela obstrução dos folículos pilosos. Estes estão ligados às glândulas sebáceas responsáveis pela segregação de uma substância oleosa, o sebo, que tem como principal função, a lubrificação da pele e do cabelo. Quando estas glândulas produzem sebo em excesso, este, em conjunto com as células mortas da pele podem começar a acumular-se nos folículos pilosos criando, assim, um ambiente propício à proliferação de bactérias. Sempre que o folículo incha e inflama ao acumular pus surgem as espinhas. Quando, por outro lado, o folículo abre e escurece surgem os comedões.
A acne afeta principalmente o rosto, pescoço, braços e costas. Existem diferentes tipos de acne com diferentes graus e o tratamento deve sempre ser prescrito por médicos dermatologistas de forma a preservar a saúde da pele e prevenir eventuais cicatrizes. Os sintomas da acne podem durar meses, anos ou ir melhorando pu piorando ao longo da vida. O que, muitas vezes, leva à baixa autoestima.
 
Fatores que podem agravar a acne
Stress
⇾ Tocar muitas vezes no rosto sem ter as mãos bem limpas
⇾ Suar em excesso
⇾ Deixar o cabelo em constante contacto com a pele (o que pode aumentar a produção de sebo)


Principais tipos de acne
Neonatal. É o tipo de acne que atinge os recém nascidos até aos 6 meses de idade. É mais frequente nas zonas que contactam com a mama da mãe durante a amamentação.
Adolescente. É o tipo de acne mais comum e acontece devido às alterações hormonais que se dão durante a puberdade. É mais frequente na chamada zona T (testa, nariz e queixo).
Adulta. É o tipo de acne que afeta, principalmente,  mulheres adultas devida a alterações hormonais, má alimentação, stress...É mais frequente na zona das bochechas e queixo.


Diferentes graus da doença
Grau 1 ou Acne vulgar. É o mais frequente e com menor grau de gravidade.
Grau 2 ou Acne pópulo-pustulosa. É um grau ligeiramente maior uma vez que a pele já apresenta algumas inflamações com pus.
Grau 3 ou Acne cística. O terceiro grau é mais grave visto que a acne afeta as zonas do rosto, peito e costas com a agravante de algumas das inflamações causarem dor.
Grau 4 ou Acne conglobata. É o penúltimo grau de gravidade da acne e é caracterizada por inflamações grandes e em grande número ao ponto de inflamar a pele de tal maneira que pode ficar desfigurada.
Grau 5 ou Acne fulminante. É o grau mais elevado visto ser caracterizado por inflamações dolorosas que pode magoar demasiado a pele resultando até em cicatrizes.

 
O tratamento da acne tem como propósito a redução da produção de sebo, combater a inflamação bacteriana e reduzir o nível de inflamação. Caso o tratamento da acne seja prescrito pelo seu dermatologista, é fundamental seguir à risca as suas recomendações. Lembre-se que apenas o médico conhece o medicamento, dosagem e duração do tratamento específico para o seu caso, pelo que é imperativo seguir as suas recomendações.
 
Cuidados a ter durante o tratamento da acne
⇾ Higienize muito bem as áreas afetadas pela acne duas vezes por dia.
⇾ Não toque nas áreas inflamadas sob pena de agravar as inflamações existentes.
⇾ Não toque na pele quando tiver as mãos sujas ou com utensílios sem os higienizar previamente.
⇾ Opte por manter o cabelo afastado das áreas inflamadas.
⇾ Use produtos específicos para controlar e tratar a acne.
⇾ Use diariamente protetor solar.
⇾ Pratique uma alimentação saudável e rica em vitaminas A, C, E e zinco.
⇾ Mantenha o organismo bem hidratado interior e exteriormente.

 
Acne e alimentação
Somos os que comemos. Assim sendo, a nossa pele será um reflexo da nossa alimentação. Pelo que é fundamental evitar o consumo de quaisquer alimentos que possam causar inflamação no corpo. E aqui importa esclarecer que cada organismo é um organismo. No entanto, os alimentos que mais associados estão à inflamação corporal são:
⇾ Lacticínios.
⇾ Chocolate.
⇾ Alimentos ricos em gorduras.
⇾ Açúcar.
⇾ Glúten.
 
 


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!