setembro 22, 2017

Beleza | Beleza Natural: a tendência que veio para ficar

 
 
 
Decidir mudar o estilo de vida é muito mais que apenas decidir. É, acima de tudo, agir. Há muito que deixou de ser novidade a minha vontade de mudar o meu estilo de vida. E já foram vários os passos que me permitiram aproximar de tal objetivo. No entanto, falar é sempre muito mais fácil que agir. E eu que o diga. Há sempre algo que se intromete. Seja a suposta falta de tempo. Ou simples falta de organização. Seja a falta de motivação. Ou vontade. Ou, até mesmo, uma dose descomunal de preguiça. A verdade é que me é, muitas vezes, difícil passar à ação. Com a (já velha e gasta!) decisão de mudar o meu estilo de vida. Se houve entrave que encontrei em tornar essa decisão realidade foi o facto de ser uma eterna apaixonada por produtos de beleza. Daí me ter comprometido com o Desafio Beleza Sem Desperdício. Que tem sido, em sombra de dúvida, um enorme desafio.
Outro entrave com o qual tenho lidado é o facto de ter decidido começar a usar apenas produtos naturais na minha pele. Feito que ainda não consegui em pleno. Muito devido ao facto de, muitas vezes, ser muito difícil distinguir se determinado produto é natural. Orgânico. Biológico. Ou vegan. Que eu julgava ser exatamente o mesmo. E não poderia estar mais enganada. Vai daí e para, de uma vez por todas, saber no me que me estou a meter. Comecei a informar-se sobre as diferenças entre estes produtos. E sobre as características que se devem ter em consideração no momento da escolha de determinado produto.
Se pretende alterar a sua rotina de beleza para o mais natural possível. E não sabe como o pode fazer. E o que deve ter em consideração. Então, este artigo é para si.
 
Porque deve considerar começar a utilizar produtos de beleza naturais
  1. Conhecer exatamente o que coloca na sua pele e cabelo. Cada vez mais, os produtos de beleza são uma panóplia de ingredientes tóxicos e nocivos para a nossa saúde. Isto porque, muitas empresas de cosmética vão optando por ingredientes mais baratos e mais fáceis e rápidos de produzir em larga escala o que, invariavelmente, acaba por se traduzir no produto fácil. Ao mesmo tempo que, o simples facto, de um determinado produto estar rotulado como natural/orgânico, muitas vezes apenas significa que na sua composição se encontram ínfimas quantidades de ingredientes naturais/orgânicos. Se, ao decidir mudar o estilo de vida dá por si a dar maior primazia a alimentos mais naturais e menos processados. É importante ter o mesmo cuidado no que toca ao que aplica na sua pele. Isto porque, uma vida saudável começa de dentro para fora mas deve estender-se aos cuidados que tem com a sua pele e cabelo.
  2. Minimizar a sua pegada ecológica. Os ingredientes que a cosmética natural utiliza nas suas composições têm origem, como o próprio nome indica, na natureza o que só por si já deve ser motivo suficiente. No entanto, o facto de se optar por produtos de beleza naturais permite que as empresas diminuam drasticamente a quantidade de produtos nocivos para o meio ambiente. Isto porque, por norma, optam por não usar métodos de cultivo prejudiciais para o meio ambiente.
  3. Cuidar a sensibilidade da sua pele. Com as agressões constantes que a sua pele sofre: poluição, stress, sol em excesso, vento, frio, etc. A verdade é que rapidamente a sua pele se pode tornar sensível o que lhe exigirá maior cuidado e atenção. Ora, se optar por complementar a prática de uma alimentação saudável com a utilização de produtos de beleza naturais, a sua pele irá sem dúvida agradecer.
 
Mas, então, e por onde começar?
  • Ler atentamente o rótulo de cada produto. E optar, sempre, por produtos cuja lista de ingredientes seja o mais curta possível e cujo nome desses ingredientes não lhe seja desconhecido.
  • Mudar gradualmente. E sempre que um produto terminar optar por comprar um cuja fórmula seja o mais natural possível. Desta forma não desperdiça os produtos que já existem no seu armário e não corre o risco de abrir falência visto que, na sua grande maioria, os produtos naturais são consideravelmente mais caros que os convencionais.
  • Pesquisar, pesquisar, pesquisar. A verdade é que só assim fará a escolha mais acertada. Isto porque nem sempre um produto natural é orgânico. E o facto de um produto ser vegan nem sempre é sinónimo de práticas cruelty free (produtos não testados em animais). 
 
Natural, orgânico, vegan. Quais as diferenças?
Um produto de beleza natural é aquele que não contém qualquer componente tóxico e/ou artificial na sua composição.
Um produto de beleza orgânico é aquele que, além de ser detentor de uma fórmula natural, não contém qualquer componente geneticamente modificado e/ou sintético na sua composição.
Um produto de beleza vegan é aquele que não contém qualquer componente animal ou derivado na sua composição.
 
Quais os ingredientes a evitar?
  1. Parabenos
  2. SLS (Sodium Lauril Sulphate)
  3. Óleo mineral
  4. Parafina
  5. Petrolatum
  6. Propilenoglicol
  7. Cloreto de alumínio


Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!