julho 17, 2017

Estilo | Um bom exemplo

Melhor que partilhar maus exemplos. É, sobretudo, importante partilhar bons exemplos. É importante partilhar dicas de como aprender a tirar melhor partido do nosso biótipo. Não é novidade para ninguém que o meu sofreu algumas alterações. Sendo que passou de coluna a cone. Ora, o biótipo cone tem como principais características os ombros mais largos que as ancas e uma cintura pouco definida. Assim sendo, a principal dica, e a que melhor funciona, é optar por padrões verticais na zona superior do corpo e cores claras na zona inferior para criar a ilusão de uma anca mais larga. Foi a opção deste coordenado. E o resultado é uma silhueta bem mais equilibrada.
 
 

 

 
Outro pormenor a ter em consideração neste coordenado é o facto de o camiseiro ter uma faixa vertical na zona central do corpo o que permite criar uma maior ilusão de verticalidade. Nomeadamente que se é mais alta do que realmente é.
 
 


 

Além de que optar por usar o camiseiro aberto também é uma muito boa estratégia para criar a ilusão de se ser mais alta do que a realidade. Optar por usar o camiseiro aberto também ajuda a disfarçar a largura dos ombros. Isto acontece porque ao ser usado aberto, o camiseiro não fica tão justo ao corpo, logo não realça tanto a largura dos ombros.
 
 


 
 

Camiseiro Sacoor
Top Zara
Jeans Salsa
Sabrinas Lanidor
Mala Cavalinho
Óculos de sol Primark

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!