maio 02, 2017

Estilo | Vestir o nosso tipo de corpo


Se há dificuldade com a qual qualquer mulher se cruza diariamente é saber como vestir o seu tipo de corpo. Por muito que uma pessoa diga que não se preocupa com a imagem. E que não liga nenhuma.  E que veste a primeira coisa que lhe aparece à frente. E mimimi. Qualquer pessoa sabe que é a maior das mentiras. Todas as pessoas se preocupam com a sua imagem. Todas. Muitas apenas optam por passar a mensagem que não o fazem.
Vestir o nosso tipo de corpo não é difícil. Acreditem. Apenas pede alguma atenção às nossas características corporais. Sendo que a ideia é valorizar os pontos fortes e disfarçar os menos fortes. O meu corpo tem vindo a sofrer algumas alterações devido à prática de exercício físico. E se antes o meu biótipo era coluna. Hoje em dia tem vindo a ganhar os contornos de um biótipo cone. O biótipo cone é caracterizado por, em traços gerais, ter os ombros mais largos do que as ancas. Logo, o objetivo é suavizar a largura dos ombros e criar a ilusão de uma anca mais larga.
 
 
 
O look que usei num dia de passeio é um bom exemplo para demonstrar como vestir o nosso tipo de corpo não é difícil. Apenas temos que escolher as peças certas. Uma vez que sou uma pessoa concentrada (leia-se baixinha) uma boa forma de criar a ilusão de uma silhueta mais alta é optar por usar peças com riscas verticais como acontece com o camiseiro que decidi usar. Além de criar a ilusão de parecer mais alta permite disfarçar a largura dos ombros. Característica essa que é, ainda mais, suavizada pela utilização de peças em tons escuros como é o caso da malha. Caso ainda não saibam, as cores escuras adelgaçam e as claras alargam. Razão pela qual optei por conjugar o camiseiro e a malha com uns jeans brancos. Estes permitem criar a ilusão de uma anca mais larga e de uma perna mais volumosa.
Para acessorizar, a simplicidade é sempre o melhor caminho. Uma boa mala em cor neutra para facilitar a sua conjugação e com a opção de ser usada a tiracolo para permitir uma boa mobilidade é sempre uma boa opção. A melhor aposta é uma mala de tamanho médio sob pena de parecer que a mala é maior do que nós. Conselho de amiga.
Como se tratava de um dia de passeio optei por calçado confortável, sapatilhas. No entanto, este coordenado facilmente pode ser conjugado com sabrinas, botins, botas...
Na hora de decidir o que comprar, o que usar e como coordenar tenham sempre o cuidado de optar por peças que vos favorecem e ao vosso tipo de corpo. A vossa imagem agradece.
Aqui ficam mais alguns detalhes do coordenado...

 

 

 

 

 



Malha Lefties
Camiseiro Saccor
Jeans Salsa
Sapatilhas Converse
Mala Cavalinho

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!