abril 14, 2017

Minimalismo | 8 Palavras-chave do minimalismo

  1. Felicidade. A primeira lição a retirar do minimalismo. Escolher ter menos ajuda qualquer pessoa a focar-se no que realmente gosta. Permite focar-se no lado bom da sua vida em vez de apenas se preocupar com o que está menos bem. Ou fora dos parâmetros que estipulou para si e para a sua vida.
  2. Confiança. Ter menos equivale a fazer mais. Equivale a focar-se na ação de forma exaustiva. Até que a ação gera uma reação. A reação que tem vindo a procurar. Os resultados que há tanto ansiava.
  3. Intenção. Aderir à corrente minimalista permite compreender e assimilar que cada ação que se pratica. E decisão que se toma tem um propósito.
  4. Desapego. O mais importante para uma vida feliz e tranquila é aprender a desapegar de objetos e pessoas que não acrescentem valor à nossa existência. É uma decisão bastante libertadora.
  5. Aceitação. Aceitar que o outro  é diferente de mim e tem a sua maneira própria de fazer algo ou reagir a determinada situação. É um passo fundamental para uma vida mais leve.
  6. Querer. Menos. A vontade de querer ter só por ter reduz drasticamente.
  7. Saúde. Aderir à corrente minimalista permite dar preferência à qualidade em detrimento da quantidade. Permite ter maior atenção ao que ingere e à forma como o seu corpo reage aos alimentos. Permite ter a consciência que a saúde é o maior bem que pode ter na vida.
  8. Poupança. De espaço, tempo e, principalmente, dinheiro.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!