março 28, 2017

A B C do Estilo | 5 Lições a retirar do Armário Cápsula



  1. Descobrir quais são as suas peças básicas. Independentemente do estilo pessoal, cada pessoa tem aquelas que são as suas peças básicas.  As peças a que recorre com maior frequência e que nunca a deixam ficar mal seja qual for o momento ou ocasião. As peças básicas são aquelas que rapidamente se tornam um essencial ao longo de qualquer estação do ano. E se há descoberta que a adesão ao armário cápsula permite é esta. Conhecer as suas peças básicas. Onde investir mais. O que privilegiar na construção do seu guarda-roupa ideal. É um processo relativamente demorado mas que a longo prazo compensa imenso.
  2. As peças-chave do seu guarda-roupa não têm que ser tendência. As peças-chave são as que acrescentam algum tipo de informação à sua imagem no geral.  Seja através de texturas, cores ou materiais. Se estas peças transitam de estação para estação é importante que no momento de compra não se foque no facto de ser uma peça tendência.  Mas se a peça vai acrescentar valor ao seu guarda-roupa e imagem. Se assim for, arrisque e traga a peça consigo.
  3. O material e o caimento são fundamentais. Se existem características  que deve privilegiar nas suas peças de roupa são estas. O material  e a forma como determinada peça assenta são o que determina se a peça irá fazer parte do seu guarda-roupa ou não. É importante privilegiar tecidos de fácil manutenção e o mais naturais possível. O tempo e dinheiro que investirá na sua manutenção irão fazer a diferença. Assim como o facto da peça lhe assentar perfeitamente. Deixe de lado peças demasiado apertadas ou largas. Não se preocupe com o tamanho na etiqueta mas sim com a forma como lhe assenta e como valoriza o seu tipo de corpo..
  4. Limitar as suas opções pode ser uma bênção. Ao limitar as opções disponíveis no seu guarda-roupa está a eliminar tudo o que não lhe acrescenta valor. É a melhor estratégia para estimular a criatividade e imaginação. Além de que lhe permite desenvolver o seu estilo pessoal de uma forma bastante vantajosa para si e para a sua imagem.
  5. O preto não é a única cor neutra. O estilo de vida minimalista é erradamente ligado à cor preta e branca. Mas se a vida não é a preto e branco. Porque tem de ser o seu guarda-roupa? A verdade é que são várias as cores neutras. Preto, azul marinho, cinzento, castanho. E são inúmeras as conjugações possíveis. Seja entre cores neutras. Seja com a adição de outras cores. Lá porque decidiu criar um guarda-roupa minimalista.  Este não tem que ser aborrecido. Arrisque. Vai ver que vale a pena.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!