fevereiro 24, 2017

Valorização Pessoal | 10 Formas de relaxar no dia-a-dia

 
 
 
1. Crie uma rotina matinal. Em vez de se agarrar ao telemóvel e redes sociais imediatamente após acordar, opte por despertar calmamente e dar início ao seu dia de forma tranquila e aproveitando para colocar as suas ideias no lugar. Pode optar por meditar durante um breve período de tempo ou tomar um bom pequeno-almoço tranquilamente enquanto lê o seu livro favorito.
 
2. Tenha atenção ao que lê. Uma forma muito rápida de diminuir  a ansiedade e o stress durante o seu dia é limitar a quantidade de informação que consome ao longo do dia. Experimente ser mais seletiva com os artigos que lê e o seu cérebro irá agradecer. Principalmente se optar por ler apenas artigos que acrescentam valor ao seu dia-a-dia.
 
3. Reduza a sua lista de tarefas diárias. Experimente estabelecer limites e prioridades no que respeita ao número de tarefas que pretende concretizar no dia tendo em atenção que estas façam realmente a diferença na hora de lutar para chegar onde pretende. Foque-se em realizar as tarefas mais importantes e mais difíceis em primeiro lugar enquanto a sua mente está mais liberta e a energia está ao rubro. As restantes e mais simples tarefas guarde para o momento do dia em que a energia começa a dar sinais de fraqueza.
 
4. Realize cada tarefa sem ceder a distrações. Realizar diferentes tarefas ao mesmo tempo pode criar uma sensação errada de maior produtividade. O melhor será realizar uma tarefa de cada vez sendo que se foca realmente na sua concretização e coloca de parte qualquer tipo de distração. Se tal estratégia lhe parece assustadora. Experimente focar-se em cada tarefa durante um determinado período de tempo, com breves pausas pelo meio, e só parar completamente após realizar a tarefa a que se propôs. Com o passar do tempo notará um aumento visível da sua produtividade e uma redução drástica da procrastinação.
 
 
 
 
5. Reduza o número de visitas ao e-mail. Estar constantemente a verificar o e-mail é uma boa forma de procrastinar e ver a lista de tarefas a aumentar desmesuradamente. Logo, uma boa dica é reduzir o número de visitas diárias ao e-mail, sendo que as visitas devem acontecer em períodos "mortos" do dia. O processo é simples: desligue as notificações de forma a evitar cair na tentação ou, se preferir, feche a sua caixa de e-mail. No momento que destinou para responder aos e-mails é importante que o faça de uma vez e decida o que fazer com cada um: responder, arquivar ou apagar. Todos os compromissos que forem surgindo devem ser anotadas imediatamente de forma a não existirem constrangimentos de horários e/ou possíveis esquecimentos. É importante não deixar nenhum e-mail em standby de forma a que quando voltar à realização das tarefas programadas não fique a pensar no e-mail que não tratou e na resposta que não deu e se consiga focar totalmente na tarefa que tem em mãos.
 
6. Não descure as tarefas pequenas. Se se focou na concretização das tarefas mais importantes e mais difíceis logo no inicio do dia é importante, de seguida, atacar as tarefas mais pequenas de forma a não entupir a sua agenda com um número considerável de pequenas tarefas. Experimente dedicar um período de tempo no seu dia ou semana para percorrer a sua lista de tarefas e ir concretizando uma a uma até ter terminado completamente e a sua agenda estar livre. É a melhor estratégia para não chegar ao final do dia ou semana com tarefas pendentes.
 
7. Respeite o seu horário de trabalho. Se há estratégia fundamental para ser produtiva é esta. De forma a manter a vida profissional compartimentada da sua vida pessoal é fundamental que, assim, que terminar o seu horário de trabalho desligue das tarefas/desafios profissionais. Uma boa ajuda será não levar trabalho para casa e apenas lidar com eventuais questões profissionais durante o horário de trabalho. Se trabalha a partir de casa é importante que siga um horário de trabalho por forma a que o seu cérebro saiba quando deve desligar.
 
8. Aprenda algo novo. É uma das melhores estratégias para relaxar no dia-a-dia. Aproveitar um momento do dia para desenvolver novas capacidades e novas técnicas. E aqui é importante não criar qualquer expetativa a não ser ter uma nova aprendizagem. Opte por começar por temas/técnicas/línguas que sempre lhe despertaram interesse e vá, gradualmente, aumentando as suas capacidades.
 
9. Divirta-se. A sociedade contemporânea é orientada para a concretização de objetivos e/ou para a preparação de um futuro mais próximo. Que nunca sabemos se vai realmente chegar. Uma boa forma de viver uma vida mais simples e intencional é certificar-se de que vive e aproveita o momento presente. Procure fazer algo que a divirta e lhe dê prazer diariamente.
 
10. Avalie a sua dependência das redes sociais. A maior fonte de stress da atualidade são as redes sociais. São as grandes causadoras da inveja e pressão social. Pelo que é importante tirar um momento para avaliar o uso e a dependência que tem das redes sociais. Se após essa avaliação o resultado, para si, for negativo considere fazer uma pausa das redes sociais durante um determinado período de tempo. Pode ainda considerar fazer uma boa limpeza às suas redes sociais e apenas manter as contas/pessoas que lhe acrescentam valor.
 
 
 

2 comentários:

  1. Só boas dicas! Mas quando se trabalha com as redes sociais é díficil de controlar a frequência com que as visitamos ou que usamos. Mas estou de acordo que hoje em dia há imensão pressão através da internet sem dúvida! =)

    www.anafernandes.ch

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É tudo uma questão de equilíbrio Ana! :)
      Até porque mal ou bem somos nós que estabelecemos as regras! ;)
      Beijinho

      Eliminar

Obrigada pela vossa visita/comentário!