janeiro 20, 2017

Consumo | Como decidir o que comprar quando o orçamento é reduzido

 
 
 
A decisão de criar um bom guarda-roupa prende-se com a vontade de apenas ter no armário peças com as quais se identifique e que sejam um reflexo do seu estilo pessoal e personalidade. No entanto, nem sempre o orçamento permite fazer tal investimento. Uma boa estratégia para contornar essa situação é criar um coordenado que reúna peças que  tenham um grande impacto na sua imagem e que consiga conjugar com as restantes peças do seu guarda-roupa. Escolha criteriosamente cada peça. Cada uma deverá aumentar a sua confiança no seu estilo pessoal, ao mesmo tempo que lhe permitirá ganhar tempo para criar um bom orçamento a fim de incrementar o seu guarda-roupa de forma duradoura.
Eis algumas dicas que a podem ajudar:
 
1. Analisar o seu estilo de vida.
  • Faça uma lista das suas atividades diárias (trabalho, ginásio, lazer...).
  • Analise a sua agenda de forma a  perceber  a frequência com que recorre a determinado coordenado.
2. Esboce o seu guarda-roupa ideal. As peças em que vai investir numa primeira instância fazem parte de um todo para o qual está a trabalhar: o seu guarda-roupa ideal.
 
3. Escolha peças versáteis que acrescentem valor à sua imagem.
  • Opte por peças que personifiquem o seu objetivo final.
  • Opte por peças que lhe transmitam confiança para desempenhar as tarefas mais difíceis do seu dia-a-dia.
  • Opte por peças que possam ser conjugadas de diferentes formas num curto período de tempo de forma a mostrar a sua versatilidade.
  • Opte por peças nem muito básicas nem muito tendência. As peças muito básicas nem sempre causam impacto suficiente e as peças tendência nem sempre permitem mostrar versatilidade.
4. Procure a melhor qualidade que o seu orçamento permite pagar.
  • Lembre-se que, nem sempre, o preço é indicativo de qualidade ou falta dela. Logo, é importante compreender as diferentes caracterísitcas de cada peça (material, corte...)
  • Se procura peças simples e sem grande estrutura, uma boa opção será procurar em lojas Outlet das suas marcas favoritas. O mesmo se aplica a peças que à partida pedem um maior investimento.
5. Continue a incrementar o seu guarda-roupa ao seu ritmo. O mais difícil já está feito: começar. Agora é continuar a trabalhar até chegar ao resultado que pretende. A periodicidade com que fará novas aquisições não é o mais importante. O mais importante é que apenas acrescente peças de boa durabilidade e qualidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!