janeiro 19, 2017

A B C do Estilo | Como construir uma boa base de peças essenciais

 
 
 
São inúmeras as listas de essenciais, básicos e "must haves" de estilo que existem. No entanto, há que ter em consideração o seguinte: em vez de nos preocuparmos cem seguir à risca cada uma das listas devemos, isso sim, ter a preocupação de descobrir quais os básicos que melhor se adequam ao nosso estilo pessoal.
As peças básicas são, no fundo, um conjunto de peças que tornam a base do nosso estilo pessoal. São peças que por serem o melhor reflexo do seu estilo pessoal são fundamentais nos seus coordenados. Podemos até dizer que, para conseguir um bom guarda-roupa, é importante possuir peças básicas e peças-chave. Estas devem receber  a mesma atenção da sua parte. As peças-chave têm como funcionalidade serem o conjunto de peças que formam a maior parte dos seus coordenados. São as peças mais importantes do seu guarda-roupa, apesar de não acrescentarem versatilidade, ao expressarem a essência básica do seu estilo perfeição. As peças básicas têm como função incrementar o seu guarda-roupa de versatilidade ao complementar na perfeição os seus coordenados e providenciar uma tela branca para as suas peças-chave. Permitem, no fundo, destacar as peças-chave na totalidade ou apenas uma característica destas. 
As peças-chave e as peças básicas são o equivalente às suas cores principais e cores neutras da sua paleta cromática. Por outras palavras, as suas peças-chave e cores principais são os tijolos do seu guarda-roupa, enquanto as peças básicas e cores neutras são o cimento que os une. Logo, uma estratégia que nunca falha na construção de um bom guarda-roupa, é permitir à sua paleta cromática determinar as cores das suas peças-chave (cores principais) e peças básicas (cores neutras). Este esquema não tem que ser estanque, apesar de ser a melhor forma de  representar a sua paleta cromática sem descurar o seu estilo pessoal.
 
Como escolher as suas peças-chave e peças básicas?
A fim de criar uma base sólida de peças-chave para o seu guarda-roupa deve ambicionar ter uma peça por categoria numa distribuição igualitária das suas cores principais. Cada peça deve ser o reflexo do seu estilo pessoal, assentar na perfeição, ter uma boa durabilidade e ser de boa qualidade. Desta forma potenciará a versatilidade do seu guarda-roupa. O mesmo acontece com as peças básicas, sendo que a estas não é exigido tanto detalhe, visto que se valoriza um corte mais simples e menos estruturado de forma a dar ênfase às suas peças-chave.
Criar uma lista de peças básicas e peças-chave pode ser benéfico:
  • Ajuda a condensar o lado estético e funcional das necessidades do seu guarda-roupa num número restrito de peças que a ajudarão a clarificar o seu estilo pessoal e a estrutura do seu guarda-roupa.
  • Ajuda a estabelecer prioridades, uma vez que conhece aquelas que são, para si, as peças básicas, pode focar-se em encontrar forma de as versatilizar.
A sua lista de peças básicas deriva do seu estilo pessoal e da forma como gere o seu guarda-roupa. Logo, para que a sua lista de básicos funcione é importante que tenha em consideração dois aspetos muitos importantes: a sua paleta cromática e o seu coordenado de eleição (conjugação de peças a que recorre com maior frequência). É um facto que um bom guarda-roupa não vive apenas de peças-chave e peças básicas. No entanto, estas são um excelente ponto de partida para construir coordenados que reflitam o seu estilo pessoal.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!