dezembro 31, 2016



A Lima Limão deseja a todos os seus clientes, seguidores e amigos um novo ano cheio de conquistas e concretizações!

Consumo | Produtos Terminados [Dezembro]



1. Gel de limpeza facial Dr. Organic (mais aqui)
2. Toalhitas de rosto Dr Organic (mais aqui)
3. Champô Bain Force Architecte Kérastase (mais aqui)
5. Discos desmaquilhantes Primark (mais aqui)

dezembro 30, 2016

Organização | Dicas para ser mais organizada/o

  1. Conhecer a sua rotina. É importante conhecer exatamente aqueles que são os seus momentos mais ociosos e mais produtivos. Pare e pense. Examine  racionalmente a sua rotina e descubra os horários em que tem maior tendência a procrastinar, os horários mais produtivos e os horários em que melhor realiza as tarefas que lhe consomem mais tempo. Acredite que faz uma enorme diferença.
  2. Estabeleça prioridades. Há sempre alguma tarefa que consome mais tempo e se torna a nossa atividade principal. Logo, é importante ter o cuidado de a colocar em destaque na lista de tarefas a realizar e estabelecer prioridades a partir desta de forma a otimizar a gestão de tempo e realizar todas as tarefas programadas sem existirem sobreposições.
  3. Planeie. É importante conhecer as tarefas que é necessário realizar e esperar, sempre, o inesperado. Se tiver o cuidado de atribuir um horário a cada tarefa, esta vai tornar-se real. Logo, é fundamental que planeie o seu dia de forma a que nenhuma tarefa importante fique por concretizar.
  4. Encontre o método de organização ideal para si. Para que a sua rotina flua com naturalidade e a sua vida se mantenha organizada é importante descobrir qual o método de organização que melhor se adequa ao seu caso. Vá testando diferentes métodos até encontrar o seu. Pode optar por usar uma agenda, um planner, o telemóvel, o computador, o tablet...O importante é encontrar a melhor forma de se organizar.
  5. Não tenha pressa. Encontrar um método de organização que funcione exige tempo, dedicação e disciplina. Logo, não há nenhum problema em ir errando. O importante é não desistir, ir limando arestas, testando novos métodos, ou até mesmo novas rotinas. Conceda-se um tempo de adaptação e vá-se adaptando a uma nova rotina mais organizada. Com o tempo, o seu nível de organização aumentará sem que se aperceba.

dezembro 29, 2016

Opinião | Toalhitas de rosto refrescantes [Dr. Organic]

Este produto foi utilizado pela minha irmã. Logo, a opinião aqui partilhada é totalmente da sua autoria...
 
 
 
Depois de ter experimentado (e não ter gostado nem um pouco!) os papeis anti-oleosidade da Yves Rocher (mais aqui), numa ida ao shopping descobri as toalhitas da Dr. Organic (estão disponíveis no Celeiro).
E destas tenho a dizer que gostei bastante e que vou voltar a comprar, sem dúvida!
Apesar de serem um pouco mais caras e trazerem menos quantidade, acabam por compensar.
Como são húmidas após a sua utilização ficamos com uma sensação de limpeza e frescura, que era algo que eu, sem dúvida, procurava neste tipo de produto. Sentir que depois da utilização da toalhita ficava com a sensação de rosto limpo. No verão então... é ótimo!
Outro ponto a favor destas toalhitas é o facto de uma toalhita ser suficiente para uma utilização, ao contrário dos papéis da Yves Rocher que nunca usava menos de meia dúzia.
Contudo, como tudo na vida, este produto tinha de ter o seu senão: o cheiro! O perfume das toalhitas não é de todo o mais apelativo. Na pele não se sente qualquer cheiro, mas se cheirarmos a toalhita em si, o cheiro não é o melhor.
Apesar disso este é, sem dúvida, um produto que eu recomendo para que tem peles (muito) oleosas!!

dezembro 28, 2016

Opinião | Champô Force Architecte [Kérastase]



Com tantos cuidados que o meu cabelo exige. Chega uma determinada altura em que apenas quero o melhor. Confesso que, apesar de adorar testar novos produtos, já não dou por mim a querer experimentar qualquer coisa. Cortesia da mudança de mentalidade que o minimalismo me tem vindo a acrescentar. Hoje em dia dou por mim a ter mais e melhor atenção relativamente aos produtos que utilizo. Cada vez mais tenho o cuidado de utilizar apenas e só produtos bons e com qualidade comprovada. Ao mesmo tempo que, contrariamente ao que acontecia há algum tempo atrás, dou por mim a recorrer aos mesmos produtos. Que sei de antemão que são bons e resultam comigo. Ao invés de, simplesmente ir a correr comprar outro. Apenas porque é novo no mercado ou porque existe muito buzz à sua volta. Se há lição que retiro do minimalismo é precisamente esta. Ter muita atenção relativamente às compras que vou fazendo. O champô da imagem foi o último a terminar cá por casa. E é um bom exemplo de produto recorrente. Há cerca de 6 anos que é presença assídua cá por casa. E assim continuará por muito tempo, espero...
  • É um produto bastante suave e que não agride o cabelo.
  • Ajuda a reparar mais rapidamente o cabelo enfraquecido e danificado.
  • Com o uso frequente, o cabelo torna-se mais forte e resistente às agressões externas.
  • Tem um aroma fantástico.
  • Uma pequena quantidade de produto é suficiente para um bom efeito.
  • É um pouco caro, mas a relação qualidade/quantidade/preço compensa bastante.
  • Por ter doseador não existe qualquer desperdício de produto.
  • Dura imenso tempo.

dezembro 24, 2016

 

 
A Lima Limão deseja a todos os seus clientes, seguidores e amigos um Feliz Natal!

dezembro 23, 2016

Opinião | Desodorizante Keops [Roc]


 
 
O suor e o odor dele resultante são, muitas vezes, motivo de constrangimento para muitos homens e mulheres. Eu, não sou exceção. Lamentavelmente, de há uns anos para cá tenho uma facilidade extrema em suar. Seja verão ou inverno. Esteja calma ou nervosa. Em movimento ou parada. As minhas glândulas simplesmente andam confusas. Quando todo este processo começou. Iniciei toda uma busca pelo desodorizante perfeito para as minhas necessidades. E, rapidamente o encontrei. E não mais o larguei...
  • Não tem perfume pelo que não se corre o risco de ter qualquer odor corporal.
  • Não tem álcool nem alumínio na sua composição.
  • Seca um pouco a pele das axilas, mas nada que um bom hidratante não resolva.
  • As fatídicas manchas amarelas na roupa demoram mais a surgir que com outros desodorizantes.
  • É um produto um pouco caro, uma vez que apenas se encontra em farmácias e parafarmácias, mas a relação qualidade/preço compensa bastante.
  • Dura imenso tempo.

dezembro 16, 2016

Valorização Pessoal | Dicas para evitar a Procrastinação

  1. Conheça-se. É um processo difícil e bastante complexo. Isto porque muitas são as vezes em que não vemos o nosso próprio erro. Logo, é fundamental termos a iniciativa de nos avaliarmos e tomar real consciência do quanto a procrastinação nos pode atrapalhar. É importante fazermos um balanço e analisar todos os hábitos que nos levam a adiar  a conclusão de tarefas. Só assim conseguirá identificar os potenciais erros e encontrar forma de os corrigir.
  2. Use e abuse do planeamento. Muitas pessoas não compreendem a real importância do planeamento e da estipulação de metas e objetivos. É  a melhor ferramenta ao seu dispor para que compreenda quais são os seus horários de maior produtividade e cumprimento de tarefas. Além de que o processo de anotar e riscar as tarefas após a sua conclusão dão a qualquer pessoa a validação extra do seu comprometimento em evitar a procrastinação.
  3. Trabalhe em locais organizados. O ambiente que nos rodeia é indicativo do nosso estado de espírito. Trabalhar em ambientes desorganizados e atulhados em tralha apenas nos transmitem falta de vontade, letargia e preguiça. Logo, é fundamental organizar o seu local de trabalho antes de pôr mãos à obra ou, à falta de melhor alternativa, procurar locais organizados e que sejam frequentados por pessoas produtivas para que seja contagiada e não deixe nenhuma tarefa por concretizar.
  4. Seja realista. É importante estipular tarefas reais e com prazos razoáveis, caso contrário, o resultado será um grande grau de frustração que resultará, consequentemente, em procrastinação.
  5. Recompense-se. E aqui é importante ter em mente que não me refiro a recompensas monetárias. A recompensa deve sempre ser proporcional à tarefa concretizada para que esta não se torne num motivo para adiar as outras tarefas e voltar a entrar no ciclo da procrastinação.
 
 

dezembro 12, 2016

A B C do Estilo | 10 Princípios para a construção de um bom guarda-roupa

 
 
 
1. Seletividade.
Apenas deve possuir no seu guarda-roupa peças que adore e com as quais se sinta confiante.
O objetivo é construir um guarda-roupa repleto de peças de roupa que adore e que a façam ter motivação e entusiasmo para as coordenar e usar. Toda e qualquer peça no seu guarda-roupa deve ser um reflexo autêntico do seu estilo pessoal, logo deve estabelecer parâmetros elevados.
 
2. Definição.
Desenvolva um estilo pessoal vincado e o seu coordenado de eleição.
Se pretende que toda e qualquer peça do seu guarda-roupa seja um reflexo do seu estilo pessoal, é importante conhecer-se profundamente e saber de antemão os parâmetros exatos pelos quais o seu estilo se irá reger. Logo, é importante investir algum tempo na criação do conceito do seu estilo com uma história bem definida. É fundamental compreender porque determinada peça funciona (ou não!) no seu guarda roupa.
 
3. Qualidade em detrimento da quantidade.
Construa  o seu guarda-roupa com peças de boa qualidade e longa durabilidade.
Em vez de desperdiçar tempo e dinheiro em busca da melhor pechincha que apenas dura, no máximo, uma estação. Escolha criteriosamente cada possível nova adição para o seu guarda-roupa prestando especial atenção ao caimento, material, cor e corte da peça. Uma peças muito boa é sempre melhor do que várias menos boas.
 
4. Autenticidade.
Esqueça os estereótipos.
Não existe algo como um guarda-roupa perfeito que se adeque a todos os estilos pessoais e de vida. O importante é criar/encontrar um que seja único, perfeito para o seu estilo pessoal e de vida e uma fiel reprodução da sua personalidade. A melhor estratégia é descobrir o seu coordenado de eleição, aquele com o qual se sente realmente confiante e construir o seu guarda-roupa em torno deste.
 
5. Função.
Tenha o cuidado de usar peças que não lhe limitem a mobilidade.
Um bom guarda-roupa não deve apenas ser o resultado das suas preferências estéticas. Deve, ainda, ser funcional. Os seus jeans devem assentar na perfeição. Os seus casacos devem mantê-la devidamente agasalhada. A sua mala deve carregar os seus pertences sem magoar a sua coluna. Os seus sapatos devem conferir um andar confortável ao longo de todo o dia.
 
6. O estilo supera a moda.
Entusiasme-se apenas com as tendências que se enquadram no seu estilo pessoal.
O estilo pessoal é, acima de tudo, uma forma de expressão pessoal. Logo, o mais importante é divertir-se com as suas escolhas, experimentar e inspirar-se nas tendências. O que não deve, de todo, fazer é seguir as tendências cegamente. Deve, isso sim, ter o cuidado de avaliar a forma como determinada tendência se encaixa (ou não!) no seu estilo pessoal e se merece (ou não!) um lugar cativo no seu guarda-roupa a longo prazo.
 
7. Investimento.
Invista o seu tempo no desenvolvimento do seu estilo pessoal e na seleção das peças certas.
O tempo e o pensamento que investe na criação de um bom guarda-roupa são mais valiosos do que um orçamento ilimitado, que apenas pede criatividade. Invista o seu tempo e o seu esforço na definição do seu estilo pessoal, criação de um guarda-roupa versátil e a busca pelas peças certas.
 
8. Versatilidade.
Escolha peças em harmonia e versáteis.
O seu guarda-roupa deve ser mais que a soma das suas partes. O objetivo é atingir um elevado grau de coerência, versatilidade e harmonia entre peças que lhe permitam mostrar a sua personalidade independentemente do coordenado, hora, local e/ou ocasião.
 
9. Conforto.
O conforto não é negociável.
Invista o tempo necessário para encontrar peças que reflitam o seu estilo e sejam confortáveis, sem comprometer o caimento e/ou o material. É imperativo sentir-se confortável com qualquer peça que use.
 
10. Evolução.
Inspire-se e reajuste o seu estilo pessoal e guarda-roupa com regularidade.
O seu estilo pessoal pode estar definido, ser coerente e estável mas nunca estático. Deve estar em constante evolução, tal como os seus gostos e preferências. Logo, é importante reavaliar o seu estilo e o seu guarda-roupa, no mínimo, uma vez por ano.

dezembro 09, 2016

A B C do Estilo | Dicas para um Dress Code Formal Impecável

Cor
É perfeitamente possível coordenar mais do que 3 cores diferentes no mesmo coordenado. O truque é misturar cores vivas com tons neutros (cinzento, castanho, preto, azul marinho..). É uma questão de escolher as cores que mais gosta e adicionar uma outra cor.
 
Corte
A regra é muito simples. Não expor o corpo em demasia. Demasiada pele à vista passa uma mensagem errada, o que não se coaduna com um look que se pretende profissional. Decotes muito profundos, peças com transparências, peças demasiado justas e /ou peças com ilustrações demasiado infantis são uma má aposta. É melhor optar por calças de cintura subida, camisas mais fluidas e/ou pequenos padrões na parte de cima.
 
Calçado
Visto que não chove nem há lama ou poças de água dentro do escritório, botas com sola de borracha ou com um ar que protegem os pés das piores intempéries não fazem o menor sentido. Visto também  não haver areia, os chinelos estão proibidos. Tudo o que exponha demasiado os pés, não se adequa, sobretudo, se os pés não estiverem bem tratados e as unhas com um verniz impecável. A melhor solução é, sempre, encontrar um meio termo.
Os saltos altos não são, de todo, obrigatórios. Se for adepta de calçado raso, opte por sabrinas mias bicudas e em bons materiais. Os sapatos pretos também já não são obrigatórios. Uma boa opção são os nude. Estes podem ser usados com qualquer cor. Se optar por conjugar os sapatos com meias da cor da pele criará a ilusão de uma perna mais longa.
 
Acessórios
Cuidado com qualquer acessório que faça muito barulho, com o excesso de acessórios e com peças com um ar muito infantil. Não se coadunam com locais onde o profissionalismo impera. O truque é usar o que se gosta com conta, peso e medida. As opções são muitas: um colar vistoso, um anel grande ou um cinto com padrão animal. Uma coisa de cada vez.

dezembro 08, 2016

A B C do Estilo | Dicas rápidas para uma imagem impecável

  1. As cores claras criam um efeito mais volumoso, contrariamente às cores escuras que ajudam a afinar a silhueta.
  2. Os tecidos mais finos criam um efeito pouco volumoso, contrariamente aos tecidos mais grossos que tendem a aumentar a silhueta.
  3. Os padrões grandes criam uma ilusão de maior volume, contrariamente aos padrões mais pequenos que tendem a criar uma silhueta mais pequena e esguia.
  4. Os padrões com fundo claro criam um efeito de maior volume, contrariamente aos padrões de fundo escuro que tendem a criar uma silhueta mais pequena e afinada.
  5. As linhas verticais alongam enquanto que as linhas horizontais alargam.
  6. As peças com brilhos e acetinadas criam um efeito de maior volume, enquanto as peças opacas criam um efeito de menor volume.
  7. As peças mais largas e sem formas criam um efeito de maior volume, contrariamente às peças mais estruturadas e próximas do corpo que criam um efeito de menor volume.
  8. O cinto não é um acessório exclusivo das calças. Pode também ser usado por cima de camisas, casacos ou vestidos.
  9. Brincos grandes reduzem o volume do rosto, contrariamente aos pequenos que o aumentam.
  10. Colares e brincos compridos alongam o rosto, o pescoço e a silhueta.

dezembro 06, 2016

A B C do Estilo | Como construir um guarda roupa inteligente com um orçamento reduzido

 
 
 
A construção de um guarda roupa inteligente é sempre um investimento. Um investimento contínuo, leia-se. E, nem sempre, é possível investir uma determinada quantia em determinada peça. Logo, controlo e disciplina são conceitos chave. Controlo e disciplina que se tornam difíceis quando constantemente as marcas lançam novas tendências. E constantemente são lançadas novas coleções. 
Numa época em que consumismo é a palavra de ordem, muitas pessoas estão a voltar às origens (eu incluída!). E começam a compreender que viver com menos é mais fácil. Ser é mais importante que ter. Aqui entram os conceitos de minimalismo e armário cápsula. Ou, se preferirem, guarda roupa inteligente.Ter menos peças de roupa leva a uma melhor administração do seu uso. Ter menos peças de roupa torna-a numa pessoa mais versátil. Acredite!
Para construir um guarda roupa inteligente é necessário priorizar a qualidade à quantidade, ser fiel ao seu estilo pessoal e resistir a tendências. O resultado é um guarda-roupa mais funcional e equilibrado, menos dinheiro desperdiçado em peças de fast fashion e maior satisfação com todas as peças que se possuem.
 
 
 
Se pretende construir um guarda roupa inteligente. Mas o seu orçamento mensal é reduzido. Saiba o que pode fazer para que tal seja possível:
 
Fazer uma limpeza geral ao guarda roupa atual. É importante retirar todas as peças do seu guarda-roupa. E quando digo todas, são MESMO todas! É fundamental experimentar todas as peças e descartar todas as que não são usadas com frequência e as que não gosta ou com as quais não se identifica ou não se sente bem. Se no final deste processo sobrarem poucas peças de roupa, isso apenas significa que apesar de ter pouca roupa, ainda são muitas as pelas que apenas estão a encher o seu armário. E é aqui que entra um conceito fundamental: o desapego. Manter peças que não usa apenas a vão impedir de ter as que realmente usa. Desapegue. Não se irá arrepender!
 
Regressar aos básicos. No processo de limpeza do guarda roupa é importante separar as suas peças básicas de boa qualidade e que permitem versatilizar o seu guarda roupa. Aqui, é importante esclarecer que as peças básicas que não devem faltar no seu armário são:
  • Peças que pode usar quase todos os dias sem correr o risco de as enjoar.
  • Peças que combinam com tudo o que tem.
  • Peças sem as quais não vive, independentemente da estação/local/ocasião.
  • Peças que funcionam como elementos de ligação entre todas as outras peças do seu armário.
  • Peças feitas de materiais de qualidade com boa durabilidade.
Fazer uma lista de compras realista. Aqui é fundamental ser racional e apenas apontar as peças que realmente necessita.  Uma boa forma de não perder o foco (nem desperdiçar dinheiro!) é apenas comprar o máximo de 5 peças por estação. Assim irá limitar os seus gastos  ao estritamente necessário. Apenas necessita de se certificar que todas as peças que comprar vão acrescentar valor ao seu guarda roupa e imagem pessoal.
 
Vender as peças de roupa que já não usa. E que se encontram em bom estado, claro está! É uma excelente estratégia para minimizar o investimento feito. Além de contribuir para incrementar o orçamento disponível para fazer face à sua lista de compras. Existe uma enorme variedade de sites e lojas em segunda mão onde as pode vender, bastando uma simples pesquisa para descobrir o que melhor se adequa aos seus objetivos.
 
Conhecer o seu corpo é fundamental. Ter cuidado com a sua imagem pessoal, o seu corpo e a sua saúde é fundamental. Assim como amar-se e valorizar-se. Isto porque, independentemente do que gosta, existe o que mais a valoriza e favorece. E é difícil construir um guarda roupa inteligente quando usa peças que não a valorizam. Uma vez que, ao investir em peças desfavorecedoras está a desperdiçar dinheiro. E, se o seu orçamento já é reduzido, pior ainda! Antes de investir em qualquer peça certifique-se de que esta a valoriza e irá acrescentar valor  à sua imagem.
 

dezembro 05, 2016

A B C do Estilo | 10 Motivos para recorrer à Consultoria de Imagem

  1. O exterior é apenas um reflexo do interior. É certo que o deve contar é o seu interior. A sua personalidade e a forma como age e reage na vida. E perante todos os seus obstáculos. A forma como cuida de si e dos outros deve sempre prevalecer sobre o seu aspeto exterior. No entanto, se puder aliar o útil ao agradável tanto melhor. Ter uma imagem pessoal que é um reflexo seu e da sua personalidade. É um meio para chegar a um fim de uma forma mais eficaz e com resultados mais duradouros. O seu guarda roupa e a forma como se apresenta aos outros diariamente deve sempre estar em concordância com quem você é. Uma Consultora de Imagem é, então, o parceiro ideal para chegar à sua fórmula mágica.
  2. O seu corpo é muito mais do que uma etiqueta. Mais importante do que o tamanho da peça é a forma como esta lhe assenta e se a favorece ou não. O profissional certo para ajudar a descobrir qual o seu biótipo e quais as peças que mais e melhor a favorecem é a Consultora de Imagem. Ela é a pessoa indicada para lhe fornecer todos os truques e dicas de como pode e deve potenciar a sua imagem pessoal de forma a transmitir a mensagem pretendida.
  3. A melhor paleta cromática é a que mais a favorece. A par das peças que mais favorecem cada biótipo é fundamental ter conhecimento de qual a paleta cromática que melhor se adequa ao seu tom de pele. Pode parecer insignificante mas é um passo fundamental. Usar as cores certas é o suficiente para que o seu tom de pele se mantenha uniforme.  As olheiras e papos sejam disfarçados. E o potencial cansaço do rosto seja atenuado. Além de existirem alguns truques e dicas na hora de conjugar determinadas cores que depois de a Consultora de Imagem os partilhar consigo lhe vão permitir olhar para a sua roupa com outros olhos. E com um renovado entusiasmo.
  4. Os básicos nunca falham. São diversos os estilos pessoais. E a cada um se adequam determinadas peças básicas. É importante salientar que as peças básicas de determinado estilo nem sempre se adequam aos restantes. O passo fundamental é encontrar aquelas que são as peças básicas para o seu estilo pessoal. Estas nunca a deixarão ficar mal e permitirão uma panóplia de conjugações. Se não sabe qual é o seu estilo e as peças que não devem faltar no seu guarda roupa, uma Consultora de Imagem é a sua melhor aliada.
  5. O seu guarda roupa deve ser o seu melhor amigo. Decidir o que vai usar cada manhã não deve ser um suplício. Bem pelo contrário. Deve, isso sim, ser uma tarefa divertida e entusiasmante. Criar novas e diferentes conjugações. Se não sabe como conjugar as peças que tem no seu guarda-roupa. Ou como conjugar as peças que vai adquirindo com as que já tem, uma Consultora de Imagem rapidamente se poderá tornar na sua boia de salvação.
  6. A falta de tempo não é uma desculpa. O tempo, ou a falta dele, é cada vez mais uma desculpa para não se fazer determinada tarefa. Ou tomar uma determinada decisão. Se padece desse mal saiba que existem serviços que podem ser realizados online. Ou podem ser realizados somente pela Consultora de Imagem, se a cliente assim o preferir.
  7. O look certo para cada ocasião. Existem sempre determinadas ocasiões em que nos é exigida uma imagem ainda mais cuidada. Como acontece em ocasiões formais. E muitas são as vezes em que não se sabe o que vestir em determinado dress code e quais as regras de etiqueta e protocolo para determinada ocasião. Mais uma vez, a Consultora de Imagem pode ser a sua melhor amiga. E esclarecer todas as suas dúvidas sobre as cores, acessórios e peças mais adequadas a qualquer ocasião.
  8. Gostar de moda não é sinónimo de futilidade. O cuidado com a imagem é cada vez maior. E a importância que lhe é dada é, muitas vezes, errada. E tantas outras é lida como um sinónimo de futilidade. O que não poderia estar mais errado. Gostar de moda. Estar a par das tendências. Ou simplesmente gostar de usar somente os cortes e cores que mais a favorecem é um sinónimo de cuidado e respeito pessoais. E por quem a rodeia.
  9. É um serviço exclusivo e totalmente personalizado. Recorrer aos serviços de uma Consultora de Imagem é recorrer a uma profissional isenta, imparcial e dotada de todas as ferramentas e técnicas necessárias para aprender a cuidar de si e da sua imagem de uma forma simples e eficaz. É recorrer a um serviço totalmente personalizado e focado no cliente. Nos seus gostos e interesses, nos seus objetivos. E, sobretudo, no seu orçamento.
  10. É um investimento em si e na sua imagem. Ter cuidado consigo e com a sua imagem mostra respeito por si e pelos outros. Assim como tem cuidado com a alimentação e com a manutenção de uma prática regular de exercício físico. Também os seus cuidados com a higiene pessoal, a roupa, calçado e acessórios mostra que tem respeito por si. E por quem a rodeia. É um símbolo do investimento que faz em si para que muitos dos seus objetivos sejam concretizados.

dezembro 04, 2016

Opinião | Champô Bain Vital Dermo Calm [Kérastase]



 
Não é novidade para ninguém que o meu cabelo é uma autêntica flor de estufa. E, se durante muito tempo, eu não tinha muitos cuidados com ele. Apesar de me queixar do seu frequente mau estado. Hoje em dia já não é assim. Tenho todos os cuidados com ele. E, devo dizer que, me orgulho bastante disso. Não é um cabelo perfeito. está bem longe disso. Mas é um cabelo cuidado e saudável. Saudável é também o meu couro cabeludo quando uso este champô. Que desde há 6 anos é presença assídua cá por casa. Confesso que já não vivo sem ele. É, sem sombra de dúvida um indispensável para o meu cabelo...
  • É bastante suave e eficaz.
  • O couro cabeludo fica visivelmente mais limpo e menos irritado logo após a primeira utilização.
  • Com utilizações frequentes, rapidamente o couro cabeludo fica livre de impurezas e descamação.
  • Tem um aroma bastante suave.
  • Por ser um champô transparente, o cabelo fica limpo em profundidade em cada utilização.
  • É um produto caro mas cujos resultados compensam bastante o investimento que se faz.
  • O facto da embalagem ter doseador evita o desperdício de produto.
  • É fácil de encontrar em promoção em sites da especialidade. Eu compro aqui ou aqui.
  • A embalagem de 500ml e com doseador compensa bastante ao nível da relação preço/quantidade.

dezembro 03, 2016

Opinião | Bálsamo fortificante de quinina [Klorane]


 
 
Não é novidade para ninguém que o meu cabelo é qualquer coisa tipo flor de estufa. Exige muitos cuidados e atenção redobrada em qualquer altura do ano. E se há altura em que o meu cabelo exige bastante de mim é o Outono e a Primavera. Este ano não tem sido exceção. Sendo que começou a gritar por socorro ainda no verão. Este ano a queda de cabelo começou mais cedo que o normal e foi mais forte que o habitual. Logo, tive que recorrer a todos os produtos e truques e dicas disponíveis para travar a queda e fortalecer novamente a fibra capilar. Uma das descobertas em todo este processo foi o bálsamo da imagem. E não poderia ter tido melhores resultados:
  • Após a primeira aplicação, o cabelo fica visivelmente mais suave ao toque.
  • Desembaraça de forma muito rápida e eficaz os nós do cabelo resultantes da lavagem.
  • Ao desembaraçar o cabelo, este não fica tão fragilizado e não quebra tanto ao pentear.
  • O aroma não é o mais agradável, mas os resultados superam largamente esse pormenor.
  • O único inconveniente é que tem tempo de pose, o que me dias de maior pressa pode ser um fator negativo.
  • Com a continuação da utilização, o cabelo vai ganhando uma maior suavidade e força e a queda vai diminuindo.
  • É um pouco caro, uma vez que só está disponível em farmácias e parafarmácias, no entanto, a relação qualidade/preço compensa imenso.
  • Apesar de ser uma embalagem pequena, o produto dura imenso tempo. 

dezembro 02, 2016

Opinião | Hidratante de mãos SOS [Bioten]



A hidratação das mãos é um passo que não dispenso. Sobretudo no inverno. A pele tem tendência a secar devido ao frio e vento. E uma boa hidratação é fundamental. Este foi o último hidratante para mãos a terminar cá por casa. E a opinião é bastante positiva:
  • Hidrata a pele em profundidade.
  • A pele fica muito macia ao toque logo após a primeira utilização.
  • Uma pequena quantidade é suficiente para um bom resultado.
  • É um produto barato que facilmente se encontra em super e hipermercados.
  • É um produto natural.
  • Dura imenso tempo.
  • Tem um aroma muito suave.

dezembro 01, 2016

Opinião | Leite corporal hidratante de framboesa e hortelã [Yves Rocher]


O antes
 
 
O depois
 
A hidratação corporal é um cuidado que há muito não dispenso. É um pequeno prazer a que me dedico após o banho e que a minha pele e corpo têm vindo a agradecer. Nomeadamente depois de ter começado a correr e com as consequentes mudanças que o corpo sofreu. A hidratação evitou muitos e grandes dissabores corporais. Verdade seja dita. Depois de algumas más experiências ao nível da escolha de hidratantes corporais. Era mais que chegada a hora de encontrar um hidratante que resultasse na minha pele. E foi o que aconteceu com o hidratante da imagem. Resultou e muito bem!
  • Tem uma textura fluida de muito fácil aplicação.
  • É de muito rápida absorção.
  • Hidrata muito bem a pele sem ser demasiado pesado.
  • Por ter doseador não se desperdiça produto.
  • É um produto barato tendo em consideração a sua relação qualidade/quantidade/preço.
  • O aroma é fresco e bastante energético.
  • É um produto que dura bastante tempo.