maio 31, 2016

Consumo | Produtos Terminados [Maio]


 
1. Champô de leite de aveia, Klorane
2. Hidratante de mãos, Bioten
3. Champô fortificante, Klorane
4. Champô de romã, Dr.Organic
5. Exfoliante facial de algas, The Body Shop
6. Hidratante corporal, Cien
7. Gel de limpeza facial Pureté Thermal, Vichy
8. Gel de banho Go Fresh, Dove
9. Sabonete exfoliante, O Boticário

maio 26, 2016

A B C do Estilo | 10 Dicas para valorizar uma silhueta voluptuosa

  1. Usar casacos de cor escura abertos com a finalidade de criar uma linha vertical que alonga a silhueta e cria a ilusão de uma silhueta mais esguia.
  2. Usar e abusar de decotes em V para emoldurar o peito e alongar o pescoço.
  3. Optar por tecidos de cor opaca a fim de não parecer maior do que realmente é.
  4. Evitar peças muito volumosas sob pena de acrescentar volume à sua silhueta.
  5. Optar por saias e calças de cintura subida.
  6. Optar por vestidos estruturados e com a cintura bem marcada.
  7. Optar por tops com alças largas e a cava bem perto da zona da axila para manter a gordurinha extra no lugar.
  8. Optar por calças de corte reto.
  9. Optar por vestidos com base escura e padrão pequeno.
  10. Usar e abusar da lingerie modeladora sempre que se pretende manter tudo no lugar.

 
 

 
 

maio 25, 2016

Opinião | Gel de limpeza Pureté Thermale [Vichy]




A limpeza e higiene da pele do rosto são fundamentais para mim. Gosto muito da sensação de pele limpa e fresca. Vivo para isso, tenho que confessar. Com a pele mista e com tendência acneica, uma boa limpeza da pele é fundamental. E para isso é imprescindível ter um bom gel de limpeza. Este foi uma muito boa surpresa:
  • Limpa a pele sem a ressecar.
  • É um bom produto para eliminar toda a sujidade e poluição que, ao longo do dia, se acumula na pele.
  • Tem uma textura muito suave, perfeita para peles sensíveis.
  • Tem um aroma suave.
  • Dura imenso tempo, uma vez que uma pequena quantidade é suficiente para uma boa limpeza da pele.
  • Ao ter doseador permite que não se desperdice produto.
  • A relação qualidade/quantidade/preço é muito boa.

maio 24, 2016

A B C do Estilo | O Biótipo Ampulheta


 
O biótipo ampulheta também pode ser denominado por biótipo ideal. Afinal de contas, é o biótipo que a maior parte das mulheres ambiciona ter. É o biótipo mais harmonioso. Isto porque os ombros e as ancas são da mesma largura; a cintura é estreita e bem marcada e o peito e as coxas são volumosas. Escusado será dizer que não é, de todo, difícil vestir este biótipo. Tal facto deve-se ao pequeno grande pormenor de, na grande maioria das vezes, as roupas serem criadas tendo como base este biótipo. Mas desengane-se quem acredita que para ser abençoada por este biótipo é obrigatório ser magra. Não poderia estar mais errado esse pensamento. O biótipo ampulheta, como qualquer outro tipo de biótipo, pode ser encontrado tanto numa silhueta magra como numa silhueta voluptuosa.
Vestir um biótipo ampulheta tem 3 objetivos fundamentais: disfarçar o volume da coxa, valorizar a cintura estreita e disfarçar o peito volumoso. Pode parecer uma tarefa impossível mas não é o caso. Para valorizar o biótipo ampulheta só precisa de...
 
Usar:
  • Peças que marquem a cintura.
  • Calças de corte reto a fim de disfarçar o volume na zona das coxas.
  • Vestidos e casacos cintados.
  • Peças com riscas verticais a fim de alongar a silhueta.
  • Saias fluidas e/ou retas a fim de disfarçar o volume das coxas.
  • Peças com decote em V a fim de emoldurar o peito.
  • Cintos a fim de marcar e evidenciar a cintura.
  • Colares médios a compridos a fim de criar a ilusão de uma silhueta mais esguia.
 
Evitar:
  • Malhas volumosas.
  • Peças com riscas horizontais.
  • Peças com padrões grandes na zona do peito e coxas.
  • Peças sem estrutura e que não marquem a cintura.
 
 
Fique com alguns looks de inspiração...
 
 
 


 


 
 
 

 
 
 

 
 
 


maio 20, 2016

Opinião | Champô de leite de aveia [Klorane]




A par do meu cabelo. O meu couro cabeludo é muito sensível. E atinge o seu auge de sensibilidade na Primavera e no Outono. Nomeadamente durante o período de tempo em que uso um qualquer produto para prevenir ou evitar a queda de cabelo. Estes produtos por norma sensibilizam bastante o meu couro cabeludo. Que rapidamente começa a gritar por socorro. Para o aliviar gosto de recorrer a produtos suaves e, de preferências, com ingredientes mais naturais. Para minimizar as agressões sofridas. Um dos meus produtos de eleição é este champô de aveia:
  • É um produto bastante suave.
  • Na sua composição são privilegiados os ingredientes naturais.
  • Após a primeira utilização, o couro cabeludo fica automaticamente mais calmo e com muito menos comichão.
  • Apenas é necessária uma pequena quantidade de produto para conseguir o efeito desejado.
  • É um produto indicado para toda a família.
  • Dura imenso tempo.
  • Com o uso contínuo, o couro cabeludo deixa de escamar e fica bastante hidratado, deixando de existir qualquer comichão e/ou desconforto.
  • Por ser um produto de farmácia é um pouco mais caro, mas vale a pena o investimento.
  • O cabelo fica realmente limpo e suave e o couro cabeludo livre de quaisquer impurezas.

maio 18, 2016

Deve uma pessoa ser refém da moda?

Não. Sendo curta e grossa. Não. Nem uma Consultora de Imagem. Nem qualquer outra pessoa. De forma alguma. Bem sei que se analisarmos o panorama blogosférico não é isso que acontece. Qualquer visita a um qualquer blogue de moda permite constatar isso. São inúmeras as bloggers de moda que simplesmente compram toda e qualquer peça tendência. Seja ela bonita ou feia. Elegante ou sem a menor elegância. Seja ela favorecedora do seu tipo de corpo ou não. O importante é estar a par das tendências. E não perder o barco. Muitas vezes são pagas para usarem determinada peça ou coordenado. Muitas vezes, o coordenado fotografado foi usado apenas para isso. Para ser fotografado. E, mais vezes ainda, essas mesmas bloggers afirmam categoricamente que, para se ter um bom guarda-roupa, temos que ter um determinado número de peças. Sendo que não podemos fugir a essas peças.
Eu não concordo. De todo. Ora se estão constantemente a comprar roupa. Que muitas vezes só usam uma vez. Por que raio é que dizem que só precisamos de um determinado número de peças?  Os velhos e adorados básicos? Se uma pessoa normal, muitas vezes, dificilmente tem um orçamento que lhe permita estar constantemente a comprar. Não faria mais sentido optarem por mostrarem diferentes formas de coordenar a mesma peça? Ganhariam muito mais atenção, a meu ver. Tendo em conta que nem todas as pessoas têm o mesmo estilo de vida, nem os mesmos objetivos. As peças que funcionam para um. Não têm necessariamente de funcionar para outro. Logo, ninguém é ninguém para dizer que temos mesmo que ter esta ou aquela peça. Mais importante que ter um grande guarda-roupa. É ter um guarda-roupa funcional e equilibrado. Que seja um reflexo de quem somos. Isso sim, é o mais importante. Acreditem.
Quem acompanha o blogue. Sabe que não partilho muitos coordenados. Não tenho uma guarda-roupa gigante. Estou bem longe disso. Aliás, aderir ao conceito de Armário Cápsula foi das melhores decisões que já tomei. Até porque me permite puxar pela imaginação e aprender a versatilizar as peças que possuo. Repetir peças é o verbo mais conjugado. E a liberdade que se conquista é fantástica. Os coordenados que partilho são isso mesmo. A repetição de peças. Sendo que, gosto de ir mostrando diferentes formas de conjugar as peças. Para mostrar que um guarda-roupa pequeno não tem que ser aborrecido. Uma peça pode, e deve, ser conjugada de diferentes formas. Aqui fica uma pequena amostra...


O truque está em optar por peças neutras e de fácil conjugação. E depois é só puxar pela imaginação.
A moda é, nada mais que, a expressão de quem somos. Ora, se usamos determinada peça só porque dizem que as temos que usar. Se não resistimos aos impulsos de consumo porque não queremos estar "out". Se nos cobramos o facto de não termos tantas peças de roupa esquecendo, muitas vezes, que quem as têm, têm-nas porque são oferecidas. Então, lamento informar mas somos, apenas e só, reféns da moda. Somos reféns do que a sociedade diz serem as tendências. E a verdade é que ninguém nos obriga a isso. É uma escolha nossa. E está ao nosso alcance libertarmo-nos das amarras. E, simplesmente assumirmos que não há mal nenhum em repetir peças. Em não seguir tendências. Em ter um estilo próprio. Em vez de ser uma fotocópia de alguém com quem nos cruzamos diariamente na rua.
 

maio 12, 2016

Opinião | Exfoliante corporal de argila [O Boticário]

 
 
 
A exfoliação corporal tornou-se um ritual semanal do qual já não prescindo. Os benefícios são inúmeros. E a minha pele agradece. Cada uma das vezes. A par da pele do rosto. A minha pele do corpo também tem as suas particularidades. Não é a mais lisa de todo o sempre. O pelo tem (muita!) tendência a encravar. Por vezes sofro um ou outro ataque de imperfeições...enfim, só coisas boas portanto...
A exfoliação regular é uma boa aliada para combater cada um destes problemas. E, após muitas tentativas falhadas. Muitas experiências. E algum (muito!) dinheiro desperdiçado. Encontrei aquele que é o melhor exfoliante para a minha pele. E porquê?
  • Exfolia em profundidade.
  • Após a primeira utilização, a pele fica bastante lisa e suave ao toque.
  • Com a utilização frequente, a textura da pele vai ficando menos irregular.
  • Tem um aroma muito fresco.
  • Dura imenso tempo.
  • A relação qualidade/preço é muito boa.

maio 04, 2016

Opinião | Sébium H20 [Bioderma]




Uma grande parte dos produtos de beleza vivem do Marketing que se cria ao seu redor. E este é um desses produtos. Tanto ouvi falar sobre águas micelares que tinha de experimentar. Ou não fosse eu uma curiosa e apaixonada por produtos de beleza. E se ao início gostei bastante do produto. Ao terminá-lo não consigo evitar ter mixed feelings em relação e ele. E por isso considero importante apenas falar sobre um produto após este terminar. Porque só o uso contínuo permite formular uma opinião verdadeira e realista. O que tenho a dizer sobre esta água micelar?
  • Quando usada somente para limpar a pele, a minha pele não fica nada limpa. Não consigo evitar a sensação de que apenas passei o rosto por água. Tendo uma pele com as características da minha, esta água micelar não é, de todo, um produto de limpeza da pele eficaz.
  • Quando usado como tónico, funciona muito bem.
  • É um produto muito suave para a pele.
  • O doseador permite evitar desperdício do produto.
  • É um produto que dura imenso tempo.
  • A relação quantidade/durabilidade/preço é muito boa.
Não afirmo com toda a certeza a vontade de a voltar ou não a comprar.
E por aí, o que têm a dizer sobre este produto?
São fãs de água micelar? Contem-me tudo!!! ;)

maio 03, 2016

A B C do Estilo | Como tirar o melhor partido da cor no Guarda Roupa

 
 
 
A cor é a maior mais valia de qualquer guarda roupa. Quando se fala de cor é importante ter em consideração as diferentes características da cor. São elas, a temperatura, a intensidade e a luminosidade. A temperatura da cor pode ser fria ou quente. Cor fria é aquela que tem como base a cor azul. Nomeadamente os azuis, os roxos e os rosas. Cor quente é aquela que tem como base a cor amarela. Como acontece com os amarelos, vermelhos, laranjas e castanhos. A intensidade da cor diz respeito ao facto de uma cor ser clara ou escura. E a luminosidade refere-se ao facto de uma cor poder ser pastel ou luminosa.
Falar de cor obriga a falar de harmonias cromáticas. E o que são harmonias cromáticas? São diferentes combinações de cores que permitem tirar um melhor partido da silhueta e da imagem pessoal. Existem 4 tipos de harmonias cromáticas. As harmonias monocromáticas. As harmonias complementares. As harmonias contrastantes. E as harmonias análogas.
 
Uma harmonia monocromática é a combinação de diferentes tons da mesma cor em diferentes temperaturas. Nomeadamente tons claros e tons escuros. É a harmonia perfeita para quem procura alongar a silhueta e criar a ilusão de ser mais magra.
 

 

 
 
 
Uma harmonia complementar é a combinação de duas cores, no mesmo tom, de temperaturas diferentes. É a harmonia perfeita para quem procura criar um coordenado contrastante chamar sobre si mais atenção.
 

 

 
 
 
Uma harmonia análoga é a combinação de cores vizinhas da mesma temperatura mas com diferente intensidade. É a harmonia perfeita para quem procura uma imagem mais composta mas com menor contraste.
 

 

 
 
 
Uma harmonia contrastante é a combinação de diferentes cores com diferentes temperaturas mas com a mesma intensidade. É a harmonia perfeita para quem procura criar uma imagem harmoniosa sem ser demasiado contrastante. O truque é escolher uma cor predominante e criar o coordenado partindo dessa cor e da coordenação com as restantes.