fevereiro 12, 2016

Valorização Pessoal | Dicas para uma vida mais tranquila

 
 
 
A tranquilidade e o sossego não têm preço. A ansiedade é o verbo que mais se conjuga hoje em dia. E o resultado é sempre o pior. Tristeza. Depressão. Desorganização. Procrastinação. Enfim só coisas boas. Ou não. Quando decidi mudar de vida. Era ponto assente que iria procurar viver uma vida mais tranquila. Não é uma tarefa fácil. Mas também não é impossível. Se, como eu, procura viver uma vida mais tranquila. Saiba o que precisa de fazer:
  • Elimine todas as tarefas e/ou obrigações desnecessárias. Aqui ainda tenho um bom trabalho pela frente. Ainda tenho que aprender a não me responsabilizar por tarefas que não são minhas.
  • Elimine da sua vida todas as pessoas que lhe sugam energia. Feito. E o alívio que daí resulta não tem preço. Mesmo. Mantenha apenas na sua vida pessoas que lhe tragam alegria. Que a incentivem a ser sempre melhor. Que a elogiem e a chamem à razão na medida e na hora certa. Ainda que isso signifique ter poucas pessoas na sua vida. Poucos mas bons. Deve ser a máxima a seguir.
  • Simplifique a sua vida. Reduza ao mínimo indispensável e essencial as suas tarefas diárias. A informação que assimila diariamente. O ambiente que a rodeia.  Os objetos que utiliza. As compras que realiza. Enfim, a palavra de ordem é mesmo simplificar. Há muito que o tenho vindo a fazer. Talvez por sempre ter sido uma pessoa muito simples. E um orgulho imenso nisso. Por considerar sempre que tenho coisas a mais. Por querer focar-me apenas no mais importante.  Por trabalhar arduamente todos os dias para ser melhor em vez de ter melhor.
  • Liberte a sua agenda. A partir do momento que começar a não me responsabilizar por tarefas que não são minhas vou ganhar mais tempo para mim e, consequentemente, ter uma agenda mais livre.  Nomeadamente, para ganhar mais tempo para mim e para a concretização dos meus objetivos. É algo que quero começar a colocar em prática já a partir da próxima semana.
  • Ajude os outros. Desde que me conheço que me preocupo muito com os outros. Ao ponto de muitas vezes me prejudicar em detrimento das necessidades dos outros. E isso não está certo. Com o tempo fui aprendendo a ajudar apenas as pessoas certas. É um processo que leva o seu tempo mas traz muitos e bons frutos. Algo que não pretendo mudar é o facto de ajudar sem qualquer segunda intenção. Sem esperar receber algo em troca. É sempre o melhor caminho.  Acredite.
  • Relaxe ao longo do dia. É algo que tenho vindo a pôr em prática e traz muitos benefícios na hora de controlar a ansiedade. É importante tirar entre 30 minutos a 1 hora por dia para si. Seja para ler um livro, ver um filme, ouvir música. O que seja. Aproveite esse tempo para fazer algo que gosta e que lhe permite abstrair do mundo em redor.
  • Faça exercício físico com regularidade.  Há muito que digo que correr é uma terapia para mim. Permite-me controlar a ansiedade e o stress. Aliviar a tensão e limpar a mente. Pensar em tudo e não pensar em nada. Além de me ajudar a manter uma boa forma física e a ganhar saúde. Desde o final do ano passado que não tenho sido muito assídua na corrida. E isso começa a notar-se. A falta que me faz diariamente é a prova física do quanto me faz bem e do quanto preciso do exercício físico para manter uma boa sanidade mental. A partir da próxima semana pretendo voltar a correr com regularidade e assim voltar a "alinhar os chacras".
  • Pratique uma alimentação saudável. Apesar de ter definido como objetivo para 2016 continuar a praticar uma alimentação saudável. Nomeadamente a reduzir o açúcar, o glúten e a lactose. Até hoje tenho falhado redondamente nesse objetivo. E o corpo já começa a dar sinal. O cansaço começa a dar sinais de vida. Cansaço esse que está intimamente relacionado com os pecados alimentares que tenho vindo a cometer. Isso acabou hoje e agora. Alimentar-me de forma realmente saudável é o único caminho. 
  • Seja agradecida/o. Sermos agradecidos pelo que temos é um passo fundamental para uma vida mais tranquila. Aceitar o que a vida nos traz e fazer sempre o melhor que conseguimos e nos é possível no momento. Sempre.
  • Procure tornar a sua casa num ambiente tranquilo e acolhedor. Sou uma pessoa bastante organizada e não sou de acumular. Nunca fui. Destralhar tem sido um verbo muito conjugado por mim ao longo da vida. E durante esta semana e o fim de semana que se aproxima será também conjugado pelo resto da família. O objetivo é tornar a nossa casa ainda mais acolhedora. Não acumular e apenas manter o que se usa. Um espaço organizado reflete-se numa vida organizada. Lembre-se disso.

2 comentários:

  1. É mesmo necessário cada vez mais vivermos uma vida tranquila. É preciso trabalhar para isso mas os resultados são compensadores! Como dizes, por vezes não é facil mas com dedicação chegamos lá! ;) Boas dicas!

    Um beijinho
    Http://www.abreapestana.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pela visita e pelo comentário.
      Bom fim-de-semana!
      Beijinhos

      Eliminar

Obrigada pela vossa visita/comentário!