fevereiro 03, 2016

Guest Blogging | O admirável mundo da Maquilhagem




O primeiro erro que podemos cometer é usar maquilhagem numa pele que não está tratada/hidratada. A nossa pele é a tela que vamos pintar com os diversos tipos de produtos e, tal como na pintura, se a tela tiver irregularidades, manchas vai ser percetível no resultado final. Primeiro tratar a pele e descobrir a rotina de pele perfeita para nós e só depois investir na maquilhagem. Infelizmente não tratamos a nossa pele como deveríamos.
O segundo erro, que me causa urticária, é usar bases dois tons acima do tom de pele, ou menos um que seja, para dar uma cor ao rosto. Quando compramos uma base deve ser sempre no tom da nossa pele (um tom para o inverno e outro para o verão) e aconselho a experimentar no pescoço e não na mão, como habitualmente as conselheiras de beleza fazem. Se quiserem disfarçar o ar de lulas no inverno (eu sei bem o que isso é!) podem dar um toque subtil mas com bronzer próprio para o efeito. A base deve ainda ser usada na dose certe e nunca em exagero.
O terceiro erro é exagerar no blush. Sou uma defensora acérrima do uso de blush e trato-o carinhosamente por "caixinha da saúde", mas vejo meninas que aplicam e acabam por cair no ridículo. Tudo com conta, peso e medida. Aqui a máxima é "menos é mais".
À medida que vamos envelhecendo vamos tendo consciência de certas coisas, não vale só ganhar cabelos brancos e rugas. Cada ano que passa estou mais ciente que, em tudo na nossa vida, devemos dar preferência à qualidade e não à quantidade. Quando comecei a comprar maquilhagem  eu preferia ter 20 batons mais ou menos do um de qualidade superior. De facto, era diferente pagar 12€ por um baton ao invés de 26€. Hoje em dia prefiro ter 6 batons realmente bons, dentro do meu estilo, do que ter uma grande variedade mas que não uso e acabo por ter que deitar para o lixo. Isso custa muito mais do que pagar os tais 26€ e usar até gastar.
Sigo essa máxima com a maquilhagem e com a roupa/acessórios.
Na minha opinião não existe uma idade específica para se começar a usar maquilhagem. Existem umas meninas mais vaidosas que outras mas julgo que a idade mais indicada para usar maquilhagem é a partir dos 16 anos. Não sou a favor de usarem maquilhagem todos os dias, vão estar a massacrar a pele desnecessariamente. Bem sabemos que nestas idades a pele é sensível e tem tendência acneica. Quando começam a sair à noite ou num jantar com amigas podem usar uma maquilhagem para se sentirem bem e nos outros dias descansam a pele. Mas as mães neste caso devem ter um papel ativo, incentivando ao cuidado de rosto e limpeza da pele.
Não sei a quem sai tão vaidosa, a minha Mãe e Avó nunca se maquilhavam. A minha Mãe só usa maquilhagem em jantares ou outros eventos e sempre muito discreta e eu sou o oposto. O que aprendi com ela foi o cuidado de rosto e tudo o que isso envolve. Ainda hoje a minha Mãe não sai de casa sem colocar os seus cremes e protetor solar.
Como já disse anteriormente, não tive ícones de maquilhagem como exemplo. Não cresci rodeada de batons e sombras. Nasci assim mesmo, vaidosa e super pindérica que aos oitos anos se maquilhava como a Barbie (esse grande ícone da nossa infância!) e só gostava de lábios cor de rosa choque. Felizmente essa pancada passou-me, já não uso baton rosa e o risco azul nos olhos. :)
Acho que a minha paixão por maquilhagem começou muito naturalmente. A minha Mãe comprou-me uma coleção de maquilhagem com produtos e pequenos livros. Foi aí que tudo começou e ainda hoje guardo alguns dos produtos para recordar. Depois disso ofereceu-me uma daquelas malas profissionais com compartimentos que ainda hoje guardo com muito carinho. Sou autodidata, comecei por ler artigos, ver vídeos e treinar. Fiz algumas aulas de maquilhagem na M.A.C. e chegava a casa e treinava imenso até adotar a técnica perfeita. Foi uma paixão que foi crescendo e hoje em dia não saio de casa sem maquilhagem. Acho formidável os truques e a capacidade incrível da maquilhagem de nos moldar o rosto e deixar-nos muito mais expressivas. A maquilhagem não nos torna mais ou menos bonitas, torna-nos sim mais confiantes. E sim, com confiança e a atitude certa ficamos muito mais bonitas!

 

6 comentários:

  1. Agradeço imenso este ocnvite querida Cris! :)

    Beijinho grande,

    Ana

    ResponderEliminar
  2. É isso mesmo! Qualidade em vez de quantidade e mão leve para não parecermos verdadeiros palhaços! Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo plenamente Ana!
      Obrigada pela visita e pelo comentário!
      Beijinho

      Eliminar
  3. Não poderia estar mais de acordo: a atitude é tudo! E claro está que uma pele bem tratada é muitíssimo importante!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por isso que eu não uso maquilhagem por enquanto. A minha pele ainda não é a melhor tela.
      Beijinho

      Eliminar

Obrigada pela vossa visita/comentário!