novembro 06, 2015

A B C do Estilo | Como encontrar o seu estilo

 

 
1. O estilo é pessoal. O estilo é a nossa forma de comunicação mais fácil. É o reflexo da nossa personalidade. Do que somos e para onde vamos. Mas como tudo o que diz respeito a qualquer pessoal. É, acima de tudo, pessoal. Porque reflete as nossas vivências e objetivos. E como reflexo da nossa personalidade. O nosso guarda roupa, mesmo que inspirado em alguém, tem sempre o nosso cunho pessoal. Sempre. E se assim não for. Então não é o nosso estilo. É, apenas, uma recriação do estilo de outro alguém.
 
2. Moda é o que se compra. Estilo é como se usa. A quantidade de peças iguais que se encontram nas ruas é avassaladora. Porque uma marca quando cria. Não cria apenas uma peça. Cria uma quantidade suficiente para satisfazer uma massa de consumidores. A forma como decidimos coordenar a peça. Isso sim, é estilo. Uma vez que uma peça pode ser coordenada de inúmeras formas.  A forma como cada um de nós decide fazê-lo é, sempre, uma expressão do nosso estilo próprio.
 
 
 
3. Experimentar e documentar. A melhor forma para desenvolver um estilo próprio é experimentar diferentes peças. De diferentes cores, padrões, cortes e texturas. E fotografar as combinações criadas. Criar um ficheiro próprio com todas as combinações compiladas é uma boa forma de ter uma real noção de como o nosso estilo evolui. De quais são os nossos gostos. Seja a nível de cor. Ou corte das peças. A melhor forma para o fazer é criar uma pasta no computador ou telemóvel e todos os dias fotografar o coordenado escolhido. Seja para que ocasião for. Com o evoluir do tempo, o estilo começará a definir-se cada vez mais. E as preferências começarão a saltar à vista.
 
4. Ter confiança no nosso estilo. Confiança e atitude são palavras chave quando se fala de estilo. Uma pessoa confiante na sua escolha e com uma atitude positiva ilumina qualquer espaço. Se se gosta de determinada peça e faz sentido usá-la. Não há razões para não o fazer. Apenas tem de se ter total confiança na escolha feita. Mesmo que não agrade a todos. Se alguém que não concorda com a sua escolha de coordenado para determinado dia ou ocasião. Vir confiança em si. E na forma como se comporta. Não terá outra alternativa senão respeitar e aceitar a sua escolha.
 
 
 
5. Criar quadros de estilo regularmente. Uma boa forma de descobrir o seu estilo é procurar inspiração. Seja em revistas, blogues, lojas físicas ou online. E a melhor forma de manter essa inspiração presente é criar quadros de estilo com as peças que a entusiasmam e lhe transmitem confiança. E se enquadram nos seus padrões de estilo. Sempre que determinada peça deixar de lhe causar interesse. Ou, por qualquer motivo, não se identificar consigo e com o seu estilo basta retirá-la ou apaga-la. Dependendo do formato em que criar o quadro de estilo.
 
6. Fotografar o estilo de rua. Uma grande fonte de inspiração para encontrar o seu estilo. É, sem sombra de dúvida, as pessoas com quem se cruza na rua. Sempre que vir uma combinação de peças que gosta. Um acessório que lhe chame à atenção. Um par de calçado que lhe arrebate o coração. Fotografe. Com a devida autorização, claro está. Não vai querer levar um raspanete por estar a fotografar outra pessoa sem a sua autorização.
 
 
 
7. Organizar o guarda-roupa regularmente. Enquanto se encontra em processo de descoberta do seu próprio estilo. É perfeitamente normal que faça algumas compras por impulso. Ou que compre peças cuja cor ou corte não a favoreça particularmente. Faz parte do processo, não desanime. O importante é a cada certos períodos de tempo (a cada 6 meses por exemplo) fazer uma reorganização do seu guarda roupa. E tudo o que já não se enquadrar nos seus gostos e preferências deve sair. É uma boa forma de saber e compilar numa lista tudo o que precisa, quer ou gostaria de experimentar.
 
8. Fazer listas de compras detalhadas. Após organizar o guarda-roupa. E antes de sair para as compras. É importante que faça uma lista o mais detalhada possível. Assim terá a certeza que compra aquelas peças em específico. E ser cirúrgica nas lojas que visita, visto que apenas entrará nas lojas que disponibilizam as peças que procura. Além de ser a melhor forma de não cair em tentação e comprar o que não precisa.
 
 
 
9. Comprar peças únicas. Visto que o estilo é pessoal. Também ele é único. E a melhor forma de o tornar único. É investir em peças únicas. Optar por lojas ou marcas que fabricam peças únicas é uma grande mais valia. Dessa forma conseguirá conferir o seu cunho pessoal ao seu estilo. E sair de casa sabendo que não verá nenhuma "fotocópia" do seu coordenado no dia seguinte.
 
10. Divertir-se com o seu estilo. O seu estilo é pessoal. Único e intransmissível. E não tem de ser aborrecido. Não o leve demasiado a sério. E divirta-se a criá-lo. E, sobretudo, a usá-lo. Mostre confiança e atitude nas suas escolhas e acessorize-as com o que de melhor tem. O seu sorriso. O resultado será, no mínimo, fantástico!
 
 
Nota: se pretender informações mais detalhadas acerca do seu estilo, ajuda para organizar o seu guarda-roupa ou para comprar novas peças, consulte os nossos serviços e descubra qual é o mais indicado para si.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!