setembro 28, 2015

Opinião | Tea Tree Blemish Fade Night Lotion [The Body Shop]


 
Se há momento em que gosto de me demorar é no cuidado com a pele noturno. É aí que nos livramos de toda a sujidade, poluição e stress acumulados durante o dia. É importante na rotina de cuidado noturno limparmos muito bem a pele. Uma vez que é durante a noite que ela vai regenerar das agressões sofridas durante o dia. Logo uma boa limpeza e hidratação são fundamentais. Sempre que possível devem usar a gama completa de cuidado de rosto. No meu caso, são muitas as vezes que o faço. Mas é inevitável terminar um produto antes dos restantes. Acontece-me sempre. E como é raro usar o mesmo produto duas vezes seguidas. É ver-me a usar um produto de cada marca. No entanto, enquanto usei este hidratante, não foi o que aconteceu. Estava a usar a gama completa. E os resultados foram ainda mais visíveis. É um hidratante muito bom para peles com imperfeições. Gostei bastante dele. E, comigo, fez tudo o que prometeu. Mas vamos ao que interessa:
  • O doseador da embalagem facilita bastante a aplicação e evita desperdícios de produto.
  • É um bom hidratante para peles com imperfeições.
  • O resultado é uma pele matificada com um toque bastante suave.
  • Após a aplicação a pele fica bastante fresca.
  • Ajuda a secar e eliminar imperfeições.
  • Não seca a pele.
  • Dura imenso tempo, uma vez que não é necessária uma grande quantidade de produto para fazer um bom trabalho.
  • Não é caro.
No geral foi um produto que me agradou bastante e que, com certeza, voltarei a usar. Recomendo para quem sofre com as indesejadas imperfeições que teimam em nos tirar do sério. Se procuram um cuidado noturno e não pretendem gastar muito. Esta é uma boa opção.

setembro 24, 2015

Organização | Os meus métodos de organização

Sou uma pessoa muito organizada. Detesto confusão. E desorganização à minha volta deixa-me com os nervos em franja. Mesmo. Não consigo produzir no meio do caos. Não consigo sequer pensar, verdade seja dita. E, nos últimos tempo dei por mim desorganizada. Os últimos anos foram particularmente difíceis. E a minha cabeça virou um autêntico turbilhão. Pensava em tudo e não decidia nada. Tinha inúmeras ideias mas não produzia nada. Até que tomei consciência que me estava a tornar uma desorganizada psicológica. E quando já não nos reconhecemos só há uma coisa a fazer. Parar e pensar. Refletir é sempre uma boa estratégia.
Nunca fui muito dada ao uso de agendas. Sempre me organizei muito bem apenas com o telemóvel. Apesar de adorar cadernos e ser apaixonada pela escrita nunca dei por mim a escrever para exorcizar a alma. E a verdade é que muitas são as vezes em que damos por nós perdidas em pensamentos. Ideias. Que nada mais são do que fonte de stress. Pensamos em tanta coisa ao mesmo tempo. Que por vezes não nos dedicamos ao que realmente é importante. E deixamos simplesmente de ser produtivos. Haverá quem diga que penso assim reflexo da mudança de idade. Segundo dizem os 30 são sinónimo de maturidade. Não sei se será bem assim, já que sempre a maturidade me acompanha há muitos e bons anos. Posso, isso sim, afirmar que os 30 me estão a trazer certezas. Ainda que com grande tranquilidade vou ganhando certezas do que quero e preciso. E a necessidade de me organizar melhor para me tornar mais produtiva é uma certeza absoluta.
Ora, depois de alguma pesquisa e conversa com a minha irmã. Que é só a maior adepta de agendas, cadernos e afins. E depois de alguma insistência dela durante alguns anos, devo confessar, decidi experimentar. Se bem que não uso agenda, verdade seja dita. O método que estou a usar é o Bullet Journal. E o que é o bullet jornal? É, nada mais, que um caderno onde apontamos tudo. Tarefas, marcações, eventos, etc. Este serve apenas para sabermos o que fizemos e queremos fazer. Apontar as ideias que surgem e perceber o que necessitamos fazer para as tornar realidade. É, no fundo, uma forma de limparmos a cabeça. Como temos tudo apontado em papel passamos a dedicar-nos ao que realmente é importante e, sem nos apercebermos, começamos a ser mais produtivos já que temos todas as tarefas apontadas. E à medida que as vamos realizando e riscando vamo-nos sentindo mais motivadas para continuar a produzir. O caderno que uso como Bullet Journal é este:
 
Disponível no Continente por 4,99€
 
É um simples caderno quadriculado formato A5. O caderno pode ser personalizado. Há quem o faça mas eu gosto de me manter simples pelo que, pelo menos para já, não o vou personalizar. Já o estou a usar há alguns dias e estou a gostar bastante. A verdade é que já fiz muita coisa que há muito tinha planeado mas, invariavelmente, tinha procrastinado. O bom do bullet jornal é que não existe nenhuma obrigatoriedade de preencher todos os dias do calendário. Além de não deixarmos nenhuma página em branco. Todas as páginas do caderno são preenchidas. É um método que, ao início, pode parecer complicado mas com tempo torna-se de muito fácil utilização. Gosto mesmo muito de o usar e espero que com o tempo a minha organização se simplifique e me continue a ajudar a ser mais produtiva.
Outro método que comecei a usar há já alguns meses é um Blog Planner. Aqui reúno toda a informação que ao blogue diz respeito. O calendário editorial. As visitas. As ideias para futuras publicações, etc. É uma ferramenta que se mostra muito útil quando não queremos perder o fio à meada. Para o construir recorri a templates pré-concebidos e que se encontram disponíveis para download gratuito na internet. No entanto, começo a notar que para o próximo ano, provavelmente serei eu a fazer os meus próprios templates por forma a serem totalmente personalizados e que estejam de acordo com as minhas necessidades. No entanto, é uma ferramenta a manter. É perfeito para me ajudar a levar o blogue e a marca Lima Limão até onde pretendo. O meu Blog Planner é assim:
 
 
Optei por uma encadernação estilo caderno de argolas para facilitar a sua utilização. Uma das alterações que pretendo fazer é alterar o seu formato de A4 para A5. Facilita o seu transporte e diminui bastante o seu peso. Se não conseguir fazê-lo, opto por fazer a gestão do blogue no Bullet Journal. Assim poupo ainda mais espaço e tempo e tenho tudo concentrado num só sítio. Esta é uma das decisões que ainda tenho que tomar. Mas só com a utilização das duas ferramentas vou conseguir perceber como me organizo melhor.
Uma vez que o mês de Setembro é, para muitos, o início de um novo ano aqui ficam duas sugestões para quem procura novos métodos de organização e gestão diária. E por aí? Como se organizam? Quais são as vossas ferramentas favoritas? Contem-me tudo! ;)
 
Para mais informações sobre o Bullet Journal basta clicar aqui.
Para aceder a templates para um Blog Planner basta clicar aqui ou aqui

setembro 23, 2015

Estilo | Domingo foi assim...

[Ignoremos a cara de parva...]
T-shirt Zara
Jeans Salsa
Sabrinas Gioseppo
Mala Foreva


 

 
 
Quando o objetivo é ir às compras, um look descontraído e confortável é sempre a melhor opção. Sempre.

setembro 22, 2015

Opinião | Gel de banho Romã e Peónia [Avon]


 
O meu gosto por produtos de beleza começou exatamente aqui. No gel de banho. Porque é aqui que começa o cuidado da pele. No banho e com o gel de banho. Existem muitas variedades e diferentes fórmulas. Marcas então, nem vale a pena falar. Há quem não se preocupe muito com o produto que usam para lavar a pele. Comigo não é bem assim. Gosto de usar produtos adequados ao meu tipo de pele e que me satisfaçam a vários níveis.  Não quero com isto dizer que apenas os gel de banho de marca são bons. Existem alguns de marca branca excelentes, acreditem!
Começo a minha partilha de opinião sobre gel de banho com o último que usei. E que entrou diretamente para a minha lista de favoritos. Querem saber porquê?
  • Tem um aroma delicioso.
  • Uma pequena quantidade de produto é suficiente para uma boa limpeza da pele.
  • Tem uma textura muito suave.
  • Dura imenso tempo.
  • Fora de promoção não é um produto muito barato mas a embalagem compensa (1000ml).
  • A embalagem não é muito prática. Se tiverem alguma embalagem com doseador vazia podem usá-la para melhor dosearem o produto. É o que eu faço.
  • Deixa a pele muito suave e levemente hidratada.
  • É um gel de banho que pode ser usado por toda a família.
Qual é o vosso gel de banho favorito?

setembro 18, 2015

Opinião | Hidratante corporal Gentle Aloe [Avon]



A hidratação corporal é algo a que dou muita importância. Se há uns anos não era assim. Assim que despertei para a importância de manter a pele hidratada.  Que a hidrato religiosamente sempre que saio do banho. Só muito de vez em quando é que não aplico hidratante. Por vezes gosto de deixar a pele "respirar". No início do verão depois de ter terminado o último hidratante decidi procurar um mais fresco. E logo me deparei com o da imagem. Tinha muitas expectativas em relação a este hidratante. Que saíram completamente defraudadas. Pouco tempo depois de começar a usar este hidratante notei que a minha pele estava a mudar. De pele normal (ainda que sensível) estava a passar a pele seca. E a verdade é que nem consegui terminar totalmente a embalagem. Tal foi a secura que se apoderou da minha pele. Não gostei deste hidratante. A minha pele ainda menos. A única ocasião em que gostei de o usar foi quando após um passeio a minha pele estava ligeiramente escaldada e pedia um hidratante com um fórmula refrescante. No entanto aqui ficam as minhas considerações sobre o produto:
  • Não hidrata em profundidade.
  • É de fácil aplicação e rápida absorção.
  • Funciona muito bem after sun, uma vez que é bastante refrescante.
  • Não ter doseador dificulta o dosear da quantidade do produto a aplicar.
  • A pele começou a escamar, a repuxar e ficou muito seca passado pouco tempo de ter começado a usar o produto.
  • É um produto barato e que dura bastante tempo uma vez que a embalagem é grande (400ml).

setembro 16, 2015

Opinião | Tea Tree Skin Clearing Lotion [The Body Shop]




A pele do rosto recebe muita atenção da minha parte. Por não ter sido bafejada por uma pele de porcelana sem qualquer traço de imperfeição. É mais o oposto disso. Desde a puberdade que travo uma luta contra o acne. Há dias e semanas bons. E outros menos bons. E se houve coisa que aprendi foi que mais importante que usar quilos de maquilhagem para esconder alguma imperfeição. É seguir uma rotina que permita à pele manter-se o mais higienizada possível. Sim, continuo a afirmar que para mim, manter uma correta higiene da pele é tão ou mais importante que usar maquilhagem. É importante existir disciplina no cuidado da pele. É importante não estar sempre a tocar na pele do rosto a fim de evitar infetar as imperfeições ou potenciar o seu aparecimento. Mas, é ainda mais importante, usar produtos adequados às necessidades da nossa pele. Confesso que ainda não encontrei Os Produtos perfeitos para mim. Desconfio que será impossível, devido à rápida e fácil habituação da minha pele. No entanto já usei alguns que me agradaram bastante. Principalmente pelos resultados obtidos. Este é um desses casos de sucesso. E porquê?
  • Hidrata bem a pele.
  • Matifica muito bem a pele.
  • Após a sua aplicação, a pele fica muito fresca e com um toque bastante suave.
  • Ajuda a secar e a eliminar borbulhas.
  • Ajuda a eliminar as manchas que algumas imperfeições tendem a deixar na pele.
  • Não causa ardor na pele.
  • Não seca a pele em demasia.
  • A falta de doseador dificulta um pouco a dosagem da quantidade de produto a aplicar.  No entanto, não é nada que não se resolva. Basta perceber a quantidade que é necessária e tentar retirar sempre essa quantidade.
  • É um produto que dura bastante, uma vez que não é necessária muita quantidade de produto para um bom resultado.
  • A embalagem, por estar sempre virada para baixo, permite que se use todo o produto.
  • Não é caro.
  • O aroma é um pouco forte mas depressa desvanece.
É um bom produto no geral. E que mostrou bons resultados na minha pele.  Claro está que faz o seu trabalho de uma forma mais perfeita quando usado em conjunto com a restante gama, o que foi o caso. Se sofrem com algumas imperfeições na pele e procuram um produto bom e barato. Aqui fica a sugestão! ;)

setembro 08, 2015

Opinião | Sérum para pontas secas [Avon]


A par do couro cabeludo. E comprimento do cabelo. As pontas do meu cabelo são secas. Muito secas. E despontam com a maior das facilidades. Logo, é-me impossível não respeitar os "prazos" de corte. Mesmo respeitando. A verdade é que as minhas pontas ressecam muito facilmente.
Há cerca de 10 anos conheci o sérum da imagem. Na altura estava na faculdade. E só usava após secar o cabelo. Para o ajudar a manter-se liso por mais tempo. Não o usava para o efeito que é suposto, claro está. Mas desde o conheci que não o deixei terminar cá por casa. No entanto, verdade seja dita. Não era, de todo, assídua na utilização deste produto. Após cortar o cabelo usava uma ou duas vezes e depois deixava de o usar. Sem qualquer motivo. Simplesmente deixava de usar e ficava ali encostado a um canto da prateleira do armário do wc.
Quando comecei a cuidar melhor do meu cabelo decidi começar a usá-lo diariamente. Religiosamente. Aplico uma a duas gotas todas as noites antes de ir dormir. Aplico o produto nas mãos e espalho-o uniformemente por todo o comprimento. Com especial incidência nas pontas. Depois basta escovar o cabelo normalmente para espalhar o produto por todo o cabelo. Os resultados foram visíveis ao fim de uma semana. Apesar de estar a aproximar-se a altura de cortar o cabelo. E ele já estar para lá de rebelde. Como estou a deixar crescer o cabelo. Quanto mais cedo começar a dar a devida atenção ao meu cabelo. Melhores e mais rápidos serão os resultados.
E porque sou fã deste produto?
  • É um produto de muito fácil aplicação.
  • Não é um sérum muito espesso, logo o cabelo não fica pesado.
  • É um produto barato, mas de ótima qualidade.
  • Dura imenso tempo.
  • É adequado a todos os tipos de cabelo.
  • Tem um aroma muito suave que se mantém durante algum tempo.
  • Com a utilização, as pontas ficam visivelmente mais hidratadas e suaves ao toque.
E por aí, qual é o sérum capilar de eleição?
Estou aberta a sugestões! ;)