fevereiro 10, 2015

Guest Blogging | Give a girl the right shoes and she can conquer the world

A Lima Limão vive da troca de experiências. Da partilha de opiniões. Da confidência de gostos. E da convergência de tudo a que à moda diz respeito. Há gostos que partilho com algumas pessoas. Outros nem tanto. Há escolhas com as quais concordo. E outras nem por isso. Mas a partilha de opiniões é o maior motor para o crescimento. Para a mudança. E para a saída da nossa zona de conforto.
A Lima Limão pretende chegar ao maior número de pessoas possível. Pretende ser uma plataforma interativa de troca de opiniões. Vai daí, com uma certa regularidade vamos partilhar gostos. Ideais. Opiniões. O primeiro gosto a partilhar convosco é sapatos. Sim sapatos. A perdição da maioria das mulheres. Eu apaixonada por eles, me confesso. Mas fiquem com a opinião da primeira Guest Blogger da Lima Limão. A D. Que se assume como uma eterna apaixonada por sapatos....


Zara
 
"Lembro-me de ter 5 ou 6 anos e me ter apaixonado pelos sapatos de salto alto da minha madrinha de batismo. Lembro-me de ficar parada a olhar para eles completamente maravilhada. Eram pretos, de salto fino médio, de verniz brilhante e tinham um pequeno laço na lateral...O meu fascínio deve ter sido tão grande que me lembro de ela me ter dito que podia andar um bocadinho com eles lá por casa. O pezinho pequeno perdia-se lá dentro mas o amor foi tão avassalador que aos 32 continuo apaixonada.
Durante a fase da adolescência não usava saltos. Os ténis eram os meus melhores amigos. A partir dos 20 o "bichinho" voltou. Durante alguns anos usava mais saltos médios, a partir dos 26 claramente deslumbrei-me pelos stilletos, que sem dúvida, são a minha pancada maior. Regra geral, apaixono-me à primeira vista...e normalmente ando tempos a sonhar em trazê-los para casa. Todos eles precisam de um lar...
Gosto de todos os sapatos que tenho, mas há alguns que têm mais significado que outros. Há uns por quem tenho um amor especial. Foram-me oferecidos pelo meu irmão, ele viu-me ficar a babar por eles e acabou por mos oferecer. Foi a primeira vez que ele me deu um par de sapatos. Os meus primeiros Aldo, stilleto e pontiagudos. A partir daí, e nos últimos 5 anos tem sido uma loucura. Saltos entre os 8 e os 12 cm. Regra geral cores mais sóbrias, mais sandálias. Na última contagem, quando a estante onde os tenho desabou com o peso, eram 27 pares. Depois disso já houve aquisições.
Tenho noção do quão grave é esta minha perdição quando entro nos Armazéns Harrods em Londres e me cai uma lagrimazita na exposição dos Louboutin. Fiquei uns bons minutos sem falar, apenas a absorver e a contemplar...
Não sei se existe alguma razão para gostar tanto assim de sapatos...mas talvez tenha a ver com o facto de ser o acessório que mais reparo numa mulher. Porque para mim representam a independência, o bom gosto. O feminismo. O glamour. Um grande amigo meu diz que eu não sou eu sem os meus 15cm de salto. Todos sabem desta minha paixão, acontece muitas vezes alguém dizer: "Ah, vi uns sapatos e lembrei-me logo de ti!"
 
Uma mulher com os sapatos certos conquista o mundo.
 
Nunca irei conquistar o mundo mas quando calço um elegante e bonito par de sapatos sinto-me escandalosamente fantástica."
 
Dn. 32 anos. Shoeaholic assumida. E sem vontade de largar o vício.
 
 
E por aí?
Há apreciadoras de sapatos?
São meninas para usar saltos altos todos os dias, ou apenas em ocasiões especiais?
Algum episódio caricato com saltos altos que queiram partilhar?
Estamos a contar com a vossa opinião!!!  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Obrigada pela vossa visita/comentário!