fevereiro 22, 2017

A B C do Estilo | Como quebrar a monotonia do seu estilo pessoal




  1. Comece a prestar atenção a tudo o que a rodeia e daí retire inspiração.
  2. Crie uma pasta ou ficheiro com coordenados nos quais se  possa inspirar quando der folga à imaginação.
  3. Crie uma nova paleta de cores para o seu guarda-roupa.
  4. Faça uma lista com os coordenados que usou na última semana e invista algum tempo em perceber o que pode acrescentar ou retirar para criar coordenados diferentes partindo da mesma base.
  5. Faça uma lista das suas principais atividades diárias e procure criar um coordenado que seja transversal à concretização de todas.

fevereiro 21, 2017

Consumo | Como comprar menos mas melhor




Vivemos uma época de consumismo puro e levado ao extremo. Diariamente somos bombardeados com campanhas publicitárias e a decisão de praticar um consumo consciente é difícil de manter. Assim como os nossos hábitos alimentares, a forma como lidamos com o consumo é cultivada ao longo de muito tempo e mudar esses hábitos requer esforço e disciplina da nossa parte. Mas, não é impossível!
Se pretende praticar um consumo mais consciente e não sabe por onde começar. Então, este artigo é para si.
 
Porque compramos em demasia?
1. Para aliviar o stress ou como recompensa por algo.
São muitas as pessoas que usam as compras como um barómetro das suas emoções. Para minimizar as emoções negativas e maximizar as positivas. Um sucesso pessoal ou profissional é, constantemente, recompensado com uma nova compra. Um desafio pessoal ou profissional é recompensado com uma visita à loja física ou online mais próxima. A ansiedade e o nervosismo combatem-se com a compra de um novo artigo. As compras funcionam, vezes demais, como um mimo ou pura indulgência. E a verdade é que, com o passar do tempo, a associação que fazemos entre as compras e a forma como estas nos ajudam a lidar com as nossas emoções vai-se tornando cada vez mais intrínseca, até ao momento em que se torna um hábito. Se, por norma, tem tendência  a comprar em demasia como escape para lidar com as suas emoções é importante parar e analisar os motivos que a levam a tomar essa decisão, bem como procurar uma estratégia alternativa. Encontrar uma nova atividade que lhe permita lidar com as suas emoções sem colocar em risco o seu orçamento.

2. Por diversão e como forma de passar o tempo.
Para muitas pessoas, fazer compras é só mais uma forma divertida de passar o tempo. Bater perna no centro comercial com ou sem companhia; o entusiasmo de encontrar algo novo e a ansiedade até o/a usar.. Se é uma fã de moda e gosta de usar as suas roupas como forma de expressão, fazer compras é  o pináculo da diversão. Por outro lado, se tem tendência a arruinar o seu orçamento com compras constantes e em demasia é importante que procure novas formas de se divertir e ser criativa através da moda e que não envolvam quaisquer tipo de gastos. Aproveite para fazer uma boa reorganização do seu roupeiro e testar novas combinações de peças e conjugações de cores. Aproveite  para, de uma vez por todas, definir o seu estilo pessoal.

3. Por falta de autoconfiança.
Algumas pessoas compram em demasia para tentar contornar a falta de confiança que têm em si próprias e julgam que estar constantemente a acrescentar novas peças de roupa ao seu roupeiro vai fazer algum tipo de diferença. A verdade é que não. Bem pelo contrário. Em vez de sair para comprar só por comprar. Invista o seu tempo em definir e criar o seu estilo pessoal. E o ponto de partida para criar um guarda-roupa coerente e que lhe transmita confiança em si e na sua imagem. Invista o seu tempo em ganhar mais autoconfiança nos diferentes aspetos da sua vida e rapidamente o seu guarda-roupa e imagem pessoal se tornarão um reflexo disso.


Como evitar compras por impulso?
1. Decidir antecipadamente o que comprar. A primeira regra  para evitar compras por impulso é decidir antecipadamente o que vai comprar. Não saia de casa sem saber exatamente o que vai comprar. E a melhor estratégia que pode utilizar. Antes de sair  certifique-se que faz uma lista precisa de tudo o que lhe esta a fazer falta no momento. E só depois deve sair para fazer compras. E importante que tenha em mente exatamente o que procura de forma a não se distrair com o que não precisa nem lhe faz a menor falta.

2. Tirar férias das compras. Estamos de tal forma acostumados a comprar que reduzir o volume de compras; reparar em vez de substituir e investir tempo na preparação de novas compras parecem conceitos totalmente desapropriados. Uma boa estratégia para ganhar uma nova perspetiva sobre o consumo é fazer uma pausa nas compras. Experimente passar um período de tempo sem fazer compras (excetuando as estritamente necessárias). Durante essa pausa nas compras aproveite para refletir sobre o seu padrão de compras e o que a motiva a comprar.

3. Atrasar a compra. Uma estratégia fantástica para evitar compras por impulso é atrasar a compra até ao momento em que tiver a certeza que se trata de um artigo que acrescenta valor à sua imagem e vida em geral. Esta estratégia funciona particularmente bem com artigos que não fazem parte da sua lista de compras.

fevereiro 20, 2017

A B C do Estilo | Lima Limão S.O.S.

Cenário: É a primeira saída a dois e tem que estar preparada para qualquer que seja o resultado.
 
 Como usar o seu guarda-roupa sem que pareça que perdeu horas a escolher o que vestir?
 
 

 

 

 

 
Imagens daqui 
  1. Opte por peças elegantes com um toque de sensualidade. Não queira mostrar demasiado sob pena de passar a mensagem errada.
  2. Escolha peças que não distraiam o seu par. O importante é mostrar a sua personalidade. O resto pode, perfeitamente, ficar para mais tarde.
  3. Não descure a roupa interior. Além de lhe dar uma maior confiança não a deixará ficar mal vista caso o encontro se prolongue.
  4. Use uma maquilhagem simples e natural.
  5. Opte por usar o cabelo solte se tiver o corte em dia. Caso contrário, opte por um apanhado simples que permitirá ao seu par ver-lhe melhor o rosto.