maio 22, 2015

A B C da Moda | Saia lápis

O modelo de saia lápis é um dos mais tradicionais, tendo já atingido o estatuto de clássico no guarda-roupa feminino. É um modelo de saia justa que realça as formas da mulher que a usa. É um modelo que, normalmente, atinge a altura dos joelhos e, para não dificultar os movimentos da mulher, é dotada de uma racha na parte de trás da saia.
A saia lápis foi criada nos anos 40 por Christian Dior para colmatar as dificuldades que a moda atravessa devido aos elevados preços dos tecidos causados pelo período de Guerra que se atravessava na altura. Por ser um modelo justo, a saia lápis foi a solução perfeita para dar um toque mais sofisticado aos looks de trabalho da época. Tornou-se no símbolo de uma nova mulher. A que está à frente da família e trabalha em múltiplas frentes, ocupando as vagas deixadas pelos maridos deslocados para cenários de guerra. Logo, é perfeitamente normal que a saia lápis seja desde sempre associada à imagem profissional.
Por volta da mesma altura e, por transmitir bastante sensualidade, a saia lápis foi adotada pelas figuras mais influentes da altura, as atrizes de Hollywood, entre elas, Audrey Hepburn, Grace Kelly e Marilyn Monroe que foi quem melhor assumiu toda a sensualidade transmitida pela peça.
Com a democratização da moda, a saia lápis assumiu contornos mais modernos e hoje em dia é uma peça pautada pela versatilidade. Além de afinar a silhueta, melhora a postura da mulher, resultando sempre em combinações muito elegantes.
 
Dicas fundamentais
  • Evite fazer a combinação típica da saia lápis com camisa clássica. Invista em camisas estampadas, étnicas ou com brilhos e t-shirts e blusas com corte moderno. Assim dará uma diferente leitura à saia lápis, além de descontrair e desconstruir o visual.
  • Aposte em acessórios grandes para conseguir um look mais moderno.
  • Os saltos altos e finos (vulgarmente conhecidos como stilletos) são um bom complemento para o look final. Além de conferirem muita elegância, alongam a silhueta.
  • Mulheres mais altas podem abusar do comprimento abaixo do joelho, uma vez que o modelo favorece bastante os corpos esguios.
  • Mulheres mais baixas devem optar por modelos pela altura dos joelhos conjugados com saltos altos para ganhar em altura.
  • Mulheres com a anca mais larga devem optar por modelos retos. Evitem saias muito justas ao corpo que podem criar volumes indesejados que comprometerão o look.
  • Mulheres magras podem investir na peça em cores claras como o branco, o bege e a cor de areia. São perfeitas para definir as curvas do corpo.
  • Mulheres mais curvilíneas devem optar por modelos em cores mais escuras, ou padrões pequenos e com base escura e discreta, tecidos estruturados e contar com a ajuda extra da lingerie modeladora para manter tudo no sítio.
  • Tenha em especial atenção a lingerie que usa. Evite modelos que marquem em demasia. Opte por modelos sem costuras, em material liso e, de preferência, cortados a laser.
Alguns looks de inspiração:
 

 

 

 

 
 

10 Alimentos que fortalecem o cabelo


 
Cenoura: rica em betacaroteno e vitamina A. O primeiro é um antioxidante que combate os radicais livres e, assim, evita a queda de cabelo e a perda de pigmentos que confere o tom grisalho ao cabelo. A vitamina A atua na saúde do couro cabeludo e colabora para a produção da oleosidade natural do cabelo.
Aconselha-se o consumo de uma cenoura média por dia.
 
Espinafre: rico em ferro. Nutre os folículos capilares, por ter um papel ativo na formação de glóbulos vermelhos. A carência de ferro provoca a perda de brilho, a fraqueza e a queda do cabelo.
Aconselha-se o consumo do equivalente a um prato de sobremesa por dia.
 
Aveia: rico em silício, um mineral capaz de estruturar a queratina, a proteína que forma o cabelo. É ainda rica em vitaminas do complexo B e zinco. As vitaminas do complexo B potenciam a multiplicação das células do bolbo capilar, favorecendo o seu crescimento. O zinco atua no controlo das mudanças hormonais que podem causar a queda do cabelo e o aparecimento precoce dos cabelos brancos.
Aconselha-se o consumo de uma colher de sopa por dia.
 
Salmão: rico em proteína e em ómega 3 e selénio. Fundamentais para combater inflamações, proteger o couro cabeludo contra a radiação ultravioleta e contribuem para uma boa circulação e chegada de nutrientes ao bolbo capilar. Se preferir, pode optar por proteína magra presente, por exemplo, no frango e na carne vermelha.
Aconselha-se o consumo de 1 posta/ filete/ lombo/bife/peito 3 vezes por semana.
 
Soja: rica em proteína. Quando não existe uma quantidade suficiente de proteína no organismo, este não consegue produzir novos cabelos para substituir os que vão caindo. Os cabelos vão, ainda ,perdendo a intensidade da cor, ficam opacos, secos e quebradiços.
Aconselha-se o consumo de 3 colheres de sopa por dia.
 
Laranja: rica em pectina. Esta encontra-se na parte branca que envolve os gomos da laranja. É aí que se encontram as fibras que ajudam a eliminar as toxinas em excesso do organismo, que potenciam o aumento da oleosidade e o aparecimento da caspa.
Aconselha-se o consumo de 1 laranja por dia.
 
Morangos: ricos em flavonoides e vitamina C. Estas ativam a microcirculação sanguínea no couro cabeludo. Aceleram o crescimento dos fios, que crescem mais resistentes e, consequentemente, menos sujeitos  à quebra e à queda.
Aconselha-se o consumo ao equivalente de uma chávena por dia.
 
Iogurte magro: rico em aminoácidos e vitaminas do complexo B. Estas fortalecem a fibra capilar, favorecem o depósito de queratina nos fios, deixando-os mais encorpados e resistentes.
Aconselha-se o consumo de 1 iogurte por dia.
 
Castanha do Pará: rica em zinco. A sua carência deixa o cabelo fino, quebradiço e sem brilho. A ingestão da dose aconselhada potencia o crescimento do cabelo, ajuda a reduzir o excesso de oleosidade e a prevenir a descamação do couro cabeludo.
Aconselha-se o consumo de 2 castanhas por dia.
 
Agrião: rico em ferro e enxofre. Mineral fundamental para a produção e manutenção de queratina. Possui, também propriedades anti-inflamatórias que ajudam a prevenir o aparecimento da caspa.
Aconselha-se o consumo do equivalente a uma chávena por dia.

maio 21, 2015

Ontem foi assim...


Blusa Primark
Jeans Salsa
Sabrinas Foreva

10 passos para fortalecer o cabelo e prevenir a queda

1. Manter o cabelo limpo. O cabelo cai porque está programado para tal e não por se lavar em demasia. Espaçar as lavagens do cabelo para evitar vê-lo cair durante o banho só irá potenciar a queda.
 
2. Escolher a escova certa. A melhor opção são as que têm pequenas esferas de massagem no final das cerdas. Na hora de pentear protegem o couro cabeludo, desembaraçam o cabelo com maior facilidade e evitam a quebra dos fios.
 
3. Reduzir o stress. A grande maioria dos casos de queda capilar revela elevados níveis de stress como o seu maior impulsionador. Tirar um tempo para si todos os dias é importante para reduzir eventuais elevados níveis de stress.
 
4. Praticar exercício físico. A prática regular de exercício físico ajuda a diminuir os níveis de stress e a reduzir a consequente queda de cabelo.
 
5. Evitar prender o cabelo molhado. Manter o couro cabeludo molhado durante muito tempo potencia o aparecimento da caspa, o enfraquecimento da raiz e provoca a consequente queda.
 
6. Ter especial atenção com o  couro cabeludo. Tenha em atenção se o seu couro cabeludo apresenta sinais de caspa ou descamação, pequenas feridas, dor ou comichão no couro cabeludo.
 
7. Evitar álcool e fumo. A ingestão regular de álcool provoca um aumento da produção de radicais livres que, por sua vez, provocam a inflamação de alguns tecidos como a pele do couro cabeludo, que resulta na queda de cabelo. O mesmo acontece com a exposição ao fumo ou quando estamos perante hábitos tabágicos.
 
8. Evitar crises de ansiedade. Perder tempo em frente ao espelho à procura de novos cabelos só causa ainda mais ansiedade. Ansiedade essa que aumentará ao níveis de stress e resultará em queda de cabelo.
 
9. Ter uma alimentação equilibrada. Uma boa alimentação é fundamental para um cabelo forte e um crescimento saudável. Aposte em alimentos ricos em zinco, selénio, cálcio, ferro e vitaminas.
 
10. Usar ferramentas de styling com o cabelo molhado. A agressão é tão grave que os efeitos são visíveis na hora. O cabelo é brutalmente agredido. Além de se queimar, o cabelo quebra e a única solução é cortar. Antes de usar estas ferramentas é obrigatório secar muito bem o cabelo.

maio 20, 2015

Deixe a sua imagem ser o seu reflexo e não a sua ruína | Mix and match

Outra das peças do meu guarda-roupa que se tornou bastante versátil.  Uns calções azul marinho super simples. Que funcionam muito bem em diversas combinações. São uma peça que pode ser usada durante todo o ano. E em diferentes momentos e ocasiões. Não são demasiado curtos ou compridos. E por serem muito simples acabam por resultar muito bem. Procurar peças básicas e versáteis. É meio caminho andado para um bom guarda-roupa. E o fim do stress matinal na hora de escolher o que vestir...
 
Blusão Salsa
Malha Zara
Camiseiro Sacoor
Calções Zara
Sabrinas Foreva
Mala Parfois

Malha Zara
Camiseiro Sacoor
Calções Zara
Sabrinas Foreva

Malha Zara
Camiseiro Sacoor
Calções Zara
Sabrinas Foreva
Mala Parfois
Brincos Handmade with love
Pulseira H&M
Óculos de sol Primark

Blusa Springfield
Calções Zara
Sabrinas Foreva
Colar loja local
Mala Iquantascores
E com o pouco se faz tanto. É tudo uma questão de simplificar. Usar o que realmente gostamos e nos assenta bem. Preferir a qualidade em detrimento da quantidade. E deixar a imaginação fluir.
E por aí? São fãs de versatilidade? Ou conjugam as mesmas peças sempre da mesma maneira? ;)