junho 29, 2016

A B C do Estilo | O Estilo Natural

O estilo pessoal é a forma mais imediata de comunicar com o outro. É um reflexo da sua personalidade, o seu cartão de visita e o reflexo fiel do cuidado e respeito próprios. Criar um estilo pessoal é fazer determinadas opções de forma consciente, racional e equilibrada por forma a transmitir uma determinada mensagem e conseguir um determinado resultado. Logo, é natural afirmar que o estilo pessoal vai além do guarda-roupa. É, isso sim, uma conjugação do guarda-roupa com a personalidade, estilo de vida e objetivos. Não existe uma fórmula certa ou errada na definição de um estilo pessoal, nem regras para a construção de um estilo sem erros. O objetivo é comunicar a nossa essência, realçando os pontos fortes e disfarçando os fracos, tendo em consideração que coerência é a palavra chave.
Cada individuo tem um estilo predominante que se conjuga naturalmente com outros estilos. Existem, então, vários estilos. A saber: o estilo natural, o estilo elegante, o estilo clássico, o estilo romântico, o estilo sensual, o estilo criativo e o estilo urbano. Hoje, as atenções recaem sobre o estilo natural.
As seguidoras do estilo natural não perdem tempo com vaidade e/ou futilidade. Este estilo está intrinsecamente ligado à praticidade e ao conforto. É um estilo fácil e prático de usar e cuidar. A única dificuldade que pode surgir é quando  a profissão pede um dress code formal ou quando se frequentam regularmente eventos formais, cujo dress code não se coaduna com o estilo natural. Este estilo pode, ainda, ser definido  pela total ausência de vaidade e a preferência pelo conforto, sem descurar o estilo.
A personalidade das seguidoras do estilo natural caracteriza-se pela predominância de características como: a espontaneidade, facilidade em comunicar com o outro; informalidade; estilo de vida ativo e saudável; alegria; jovialidade e despreocupação.

As suas preferências recaem em peças:
  • Confortáveis e que funcionam como uma segunda pele.
  • Despojadas e com corte desportivo.
  • Com tecidos  naturais de fácil manutenção e boa durabilidade.


 No seu guarda-roupa encontram-se:
  • Calças de ganga
  • Camisas
  • Sapatos rasos ou com um salto baixo
  • Acessórios simples e funcionais
  • Malas grandes e práticas

A aparência:
  • Corte de cabelo prático, funcional e de fácil manutenção.
  • Ausência ou pouca maquilhagem.
Cores:
  • Vivas, neutras e tons terra.

 
 

 

 

 



 


 

junho 28, 2016

Estilo | Ontem foi assim...


 



 

 

 
Blusa Springfield
Top Zara
Jeans Salsa
Sapatilhas Converse
Mala Iquantascores
Óculos de sol Primark
Brincos Bijou Brigitte

junho 24, 2016

A B C do Estilo | O Biótipo Triângulo Invertido


 
 
O biótipo triângulo invertido é caracterizado por concentrar o maior volume na zona superior do corpo, os ombros. As suas principais características são: ombros largos, peito volumoso, ancas estreitas e pernas finas. É um biótipo que, quando não usa a roupa a seu favor, pode conferir alguma masculinidade à silhueta. Logo, o objetivo é equilibrar a silhueta criando a ilusão de maior volume na zona das ancas. Para tirar um melhor partido do biótipo triângulo invertido basta...
 
Usar:
  • Tops peplum.
  • Decotes em V.
  • Peças com detalhes verticais na zona superior do corpo.
  • Calças com pregas ou outros detalhes volumosos.
  • Saias e calças com padrão.
  • Sobreposições de peças abertas.
  • Cores escuras na parte superior do corpo e claras na parte inferior.
 
Evitar:
  • Blusas e tops volumosos.
  • Peças com detalhes na zona do peito e/ou ombros.
  • Linhas horizontais na zona superior do corpo.
  • Peças com ombros marcados.
  • Saias e vestidos afunilados.
  • Peças com gola alta.
  • Camisas, blusas e casacos com padrão.
  • Camisas, blusas e casacos com bolsos salientes na zona do peito.
  • Calças skinny.
 
Fique com alguns looks de inspiração...