Novembro 28, 2014

Confessem lá...

 


...quem é que por aí vai aproveitar as promoções?

Novembro 27, 2014

O poder das sobreposições

Manhãs frias. Tardes quentes. Noites geladas. Dias amenos. Dias frios. É o Outono a chegar. E o Inverno a aproximar-se a passos largos. Mais que nunca a indecisão na hora de vestir toma conta de qualquer um. E a melhor opção é sempre o uso de sobreposições.
  • Quando no mesmo dia passamos por várias estações do ano podermos ir tirando o que está a mais ou acrescentando o que faz falta é uma mais-valia.
  • Várias camadas de roupa aquecem mais e melhor.
  • Permite versatilizar o guarda-roupa.
  • Permite sair da zona de conforto e criar coordenados modernos e atuais.
Diga sim a:
  1. Mistura de peças com diferentes volumes, sendo que as mais justas devem ficar mais próximas do corpo.
  2. Mistura de peças com diferentes texturas.
  3. Mistura de cores harmoniosa.
Diga não a:
  1. Sobreposição de várias peças volumosas.
  2. Sobreposição de peças em zonas cujo volume se pretende disfarçar.
 
Alguns looks de inspiração


 

 

 

 

Novembro 26, 2014

Dia de Festa

O briefing era simples. Um batizado. Seguido de almoço. Cerimónia simples. Com convidados simples. A A. sabia bem o que queria. Reutilizar uma saia lápis preta. Ou um vestido cinzento. Sendo que a cor escolhida para contrastar era o verde garrafa. Um dado adquirido. Era necessário encontrar calçado condizente com a ocasião e com o uso destes no dia-a-dia. Orçamento estabelecido. Briefing realizado. Chuva torrencial na rua. Centro comercial com elas. O primeiro passo. O calçado. Foi amor à primeira vista. Alto q.b. Preto clássico. Um básico, portanto. Diriam muitos. Passo seguinte. A escolha da roupa. A primeira opção. O vestido cinzento. A busca pelo colar ideal. Na cor certa. Que se mostrou infrutífera. A ponderação do uso da saia. Com uma blusa na cor pretendida. Ou outra que não tinha sido tida em consideração. Uma volta pelas lojas para ver as opções que existiam. A escolha de uma loja que reunia todas as peças que suscitaram interesse. Ainda que algumas fossem vestidas apenas para perceber o efeito final. Visto o objetivo ser a reutilização de peças já existentes no guarda-roupa.
Assim sendo as opções eram:


 

 

Arriscam acertar no look escolhido?
Uma dica: não há amor como o primeiro. ;)

Dia da festa. Receber as fotografias com o look final. Incluindo acessórios, cabelo e maquilhagem. Saber da satisfação da cliente. E dos que a rodeiam. É para isso que trabalhamos todos os dias. É por isso que somos felizes e realizados na Lima Limão.
 
[Não ligar à qualidade das fotografias. Numa sessão de Compras Personalizadas, a qualidade da fotografia é o aspeto menos relevante.]

Novembro 25, 2014

Oferta de Natal

Já foram espreitar a nossa página de Facebook?
É de aproveitar, afinal, só há 5 disponíveis...

New in

Novo mês. Nova ida às compras. Novo foco de interesse. Desta feita os acessórios. Nomeadamente carteira e mala. Sou mulher para trocar muitas vezes de porta-moedas. O que já não acontece com a carteira. Só a troco quando apresenta reais sinais de cansaço. Ou se estraga por qualquer motivo. Por isso é tão difícil para mim encontrar A carteira. Até que, sem perceber bem como, a encontro. Desta vez quis apostar numa carteira clássica. E de cor neutra. Talvez porque a anterior tinha diversos padrões. Ou só porque sim. Após vários dias de procura. Depois de ver centenas de modelos. E já, quase em desespero de causa, encontrei-a. Ali, triste, só e abandonada. Não foi amor à primeira vista. Foi, talvez, à décima. Mas agora estou perdidamente apaixonada por ela. Era exatamente o que procurava.

Stradivarius

Malas. Sempre adorei malas. De todas as cores. Formas e feitios. Mas, também aqui, quis ir de encontro ao clássico. E de cor neutra. Porque facilita a coordenação. E se torna escandalosamente versátil. Também foi preciso muito tempo até a encontrar. E aqui, contrariamente ao caso da carteira. Foi amor à primeira vista. É mesmo a minha cara.

Foreva
Isto tudo para dizer que ter um orçamento para gastar com as compras é o melhor que se pode fazer pela nossa sanidade mental. E financeira, pois está claro. Ter um orçamento coloca tudo em perspetiva. E a diferença entre o querer e o precisar aguça-se a olhos vistos. Pelo que as escolhas são mais pensadas e ponderadas. E, consequentemente, mais acertadas. Desde que comecei realmente a estabelecer um orçamento mensal para a renovação do meu guarda-roupa que me sinto mais confiante com a escolha das peças. Sim perco (muito) tempo a decidir. Sim vejo muitas peças antes de decidir. Mas durante todo esse processo digo não ao consumismo. A compras por impulso. E ao desperdício de dinheiro. E isso para mim não tem preço. Escusado será dizer que as novas aquisições ficaram aquém do valor orçamentado.
Resumindo e baralhando. Adoro começar uma nova semana com novos acessórios.